Logotipo Glorioso 1904
Tiago Godinho
Biografiado Autor

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SPORT LISBOA E BENFICA

08 Dez 2022 | 10:12

Icon Comentário0
Tiago Godinho

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SPORT LISBOA E BENFICA

O que não ajuda a uma maior internacionalização do Benfica? Ter investido pouco mais de 10 milhões de euros depois da conquista do tetracampeonato, o que resultou em zero pontos na Liga dos Campeões.

"O emblema do Benfica não está bom para quem está na China", Domingos Soares Oliveira, 2019.


"No Benfica, pensamos na aposta no estrangeiro como estratégia … através de uma parceria ou comprando um clube", Domingos Soares Oliveira, 2022

Era uma vez, um grupo de 24 jovens que, pelo prazer de jogar futebol, decidiu juntar-se e criar um Clube onde a união fosse a força para triunfar. Assim nasceu, na freguesia que viu as naus partirem para os descobrimentos, o clube que começou por conquistar Lisboa e depois Portugal.


Era uma vez, um Clube vindo de um país oprimido por uma ditadura e onde eclodia uma guerra colonial, que depois da conquista da Taça Latina, surpreendia a Europa conquistando duas Taças dos Clubes Campões Europeus consecutivas e estando presente em mais três finais na mesma década.

Era uma vez, um clube que foi bandeira de Portugal no mundo, fazendo digressões por esse mundo fora demonstrando todo o esplendor do vermelho e branco.


Esse clube tem um nome: Sport Lisboa e Benfica!

O que não ajuda a uma maior internacionalização do S.L. Benfica?

  • Nas últimas 13 participações na Liga Campeões, só por seis vezes ter alcançado a fase a eliminar;
  • Ter investido pouco mais de 10 milhões de euros depois da conquista do tetracampeonato, isto após ter faturado 150 milhões em transações de atletas, o que resultou em zero pontos na fase de grupos da Liga dos Campeões e, por consequência, na pior participação de toda a sua história europeia;
  • Ter aumentado em mais de 30% a massa salarial em plena pandemia indo contra a mais elementar regra de prudência;
  • Não ter aproveitado as ajudas do Estado português para mitigar os efeitos da pandemia;
  • Não conseguir reter mais do que uma época os principais jogadores formados, com a honrosa exceção de Rúben Dias.
É notável que o Co-Ceo da S.L. Benfica, SAD, responsável nos últimos 18 anos pela liderança empresarial da sociedade, teça este tipo de afirmações.

Mesmo não sendo Benfiquista, seria expectável que fosse competente.

Se assim fosse, saberia que o segredo da internacionalização do S.L. Benfica está no seu sucesso internacional. Quanto mais sucesso europeu o S.L. Benfica obtiver, maior será a sua projeção internacional, sem necessidade de alterar emblemas ou adquirir clubes estrangeiros.

Caso ainda haja dúvidas, é só perguntar a um alemão, de nome Roger Schmidt, se foi o emblema que o fez afirmar à chegada a Lisboa que “Quem ama o futebol, ama o Benfica!”

Cumprir o nosso sonho, lutar pela conquista da terceira Liga dos Campeões e ser hegemónico em Portugal, é isso que é internacionalizar, ainda mais, o Sport Lisboa e Benfica!

Tiago Godinho, Sócio n º 19.385 do Sport Lisboa e Benfica

+ opinião
Tiago Godinho
João Antunes

20 Fev 2024 | 15:00

Icon Comentário0

O ENIGMA DO BENFICA: O QUE FALTA À EQUIPA?

Depois do empate com o Guimarães, com a goleada de domingo e já com meia época decorrida, persiste uma sensação enigmática de que algo essencial falta à equipa

Tiago Godinho
Bernardo Alegra

20 Fev 2024 | 09:50

Icon Comentário0

LUZ E SOMBRA

O Benfica tem variado exibições sofríveis com algumas mais competentes e, quase sempre, dentro do mesmo jogo conseguimos assistir ao lado virtuoso e vicioso da força.

+ opinião
Nuno Campilho

DEUS DÁ NOZES A QUEM NÃO TEM DENTES...

... e o poder de assobiar a quem não tem mentes!

21 Fev 2024 | 07:55

Icon Comentário0
João Antunes

O ENIGMA DO BENFICA: O QUE FALTA À EQUIPA?

Depois do empate com o Guimarães, com a goleada de domingo e já com meia época decorrida, persiste uma sensação enigmática de que algo essencial falta à equipa

20 Fev 2024 | 15:00

Icon Comentário0
Bernardo Alegra

LUZ E SOMBRA

O Benfica tem variado exibições sofríveis com algumas mais competentes e, quase sempre, dentro do mesmo jogo conseguimos assistir ao lado virtuoso e vicioso da força.

20 Fev 2024 | 09:50

Icon Comentário0

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER