Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

Insólito! Veja a grande penalidade por assinalar entre Rafa e Coates no derbi Benfica - Sporting (Com Vídeo)

Defesa dos leões fez falta sobre o avançado encarnado

Rafa
Rafa

  |

Icon Comentário0

O Dérbi Eterno entre Benfica e Sporting, que terminou com igualdade a duas bolas, esta terça-feira, dia 2 de abril, ficou marcado pela grande penalidade não assinalada sobre Rafa Silva, após falta feita por Sebastian Coates, à passagem do minuto 72.

O defesa-central uruguaio esticou o pé à frente do camisola 27 do Clube da Luz, mas João Pinheiro não viu qualquer necessidade de assinalar grande penalidade, prejudicando o Benfica. O castigo máximo poderia ser decisivo na partida, logo o resultado teve intervenção direta da equipa de arbitragem, resultando na eliminação da Taça de Portugal.


A equipa orientada por Roger Schmidt volta a entrar em campo no próximo dia 6 de abril, no sábado, para enfrentar novamente o Sporting, desta vez na 28.ª jornada da Liga Portugal. O encontro será disputado no Estádio de Alvalade e tem arranque marcado para as 20h30.

Rafa Silva - avaliado em 18 milhões de euros, pelo portal Transfermarkt - conta com 45 jogos, 19 golos e 14 assistências, na presente temporada. No que toca à época transata, o craque alinhou em 47 partidas, tendo somado 14 tiros certeiros e servindo ainda os colegas em nove ocasiões.


O futebolista, que começou o seu percurso desportivo no Atlético Povoense, de Póvoa de Santa Iria, enverga o Manto Sagrado pela oitava época consecutiva. Antes dos responsáveis do Benfica ter ido ao Braga 'roubar' o atual titular de Roger Schmidt, o camisola 27 passou por clubes como o Alverca e o Feirense.

Confira aqui o lance:



Futebol

Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado

"história está cheia de homens de sucesso que não pontuam no máximo em todas as áreas"

Roger Schmidt não é o problema do Benfica segundo Luís Mateus
Roger Schmidt não é o problema do Benfica segundo Luís Mateus

  |

Icon Comentário0

A eliminação do Benfica dos quartos de final da Liga Europa às mãos do Marselha veio acelerar a narrativa de que o despedimento de Roger Schmidt é a próxima decisão a fazer para a direção do clube. Luís Mateus no jornal A BOLA vem em defesa do alemão, abordando as críticas comuns ao alemão e apontando os dedos a outrem.

Schmidt é criticado usualmente por ter gasto 200 milhões sem o devido retorno, Mateus relembra a época passada: "Na época passada, os encarnados contrataram Enzo, que não só se tornou a chave-mestra para todas as outras fechaduras como, potenciado pelo Mundial, uma das maiores transferências do clube. E ainda Aursnes, Bah, Musa, Neres, João Victor, Brooks, Ristic e Draxler. A maior parte das contratações enquadrava-se no modelo vertical, de pressão asfixiante de Schmidt."

Foi apenas na presente época que essa gestão deu para o torto: "Kokçu, Cabral, Jurásek, Trubin, Guedes e Bernat foram os primeiros. Marcos Leonardo, Rollheiser, Prestianni e Carreras aterraram depois. O turco não pressiona como Enzo e à frente abrem-se buracos por todos os lados. Também Arthur não é Ramos, sobretudo sem bola. Com esta, precisa de ser alimentado. Entretanto, o checo, de perfil completamente diferente de Grimaldo, não demorou muito a ser flop. É lateral de linha sem capacidade de drible e a equipa estava demasiado viciada no espanhol para poder entendê-lo e também se adaptar. Já o ucraniano é ainda promessa demasiado intermitente. Acrescenta coisas a Vlachodimos, porém falta-lhe a consistência do grego no bê-á-bá. O internacional português não pareceu a 100 por cento e o lateral espanhol acumulou lesões, apesar de, em teoria, ser solução."


Schmidt é também criticado por não saber substituir, o jornalista apresenta uma opinião mais pensada: "Guardiola, numa segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, fez a primeira aos 72’ e a segunda aos 91’. Não estou a comparar sabedoria, é um exemplo. Ambos responsabilizam os jogadores pela ideia, que no espanhol varia e no alemão é quase sempre a mesma. Também já trocou jogadores ao intervalo, mas a caricatura é há muito indelével".


O colunista faz uma conclusão interessante: "O alemão pareceu perdido, sim, a certa altura. E só terá acertado o onze perto do fim. Também terá dificuldades em ler o jogo, antes e depois, porque estrategicamente nunca se preocupa com o rival. Aqui, não se espera que mude. Mas a história está cheia de homens de sucesso que não pontuam no máximo em todas as áreas."

A conclusão é que a época falhada de Roger Schmidt pode dever-se muito à estrutura do clube e a fatores internos que todos desconhecemos: "a resposta à pergunta ‘deve Rui Costa manter Schmidt’ sairá sempre de outra, importante: será que, num enquadramento mais favorável, com a estrutura do futebol, o treinador e o scouting a trabalharem em conjunto para um mercado mais assertivo, e proximidade maior entre todos, o alemão pode ter mais sucesso?"





Futebol

Pau López defende penálti no Marselha-Benfica e ainda assume fraquezas: "Não sou bom"

Guarda-redes espanhol do conjunto francês mostrou ser muito sóbrio em relação às próprias qualidades

Pau López afirma que é mau a defender penalidades
Pau López afirma que é mau a defender penalidades

  |

Icon Comentário0

A derrota do Benfica em Marselha fica diretamente ligada ao falhanço de Ángel Di María na cobrança da grande penalidade e à defesa de Pau López ao penálti de António Silva. Todavia, na zona de entrevistas rápidas, o guarda-redes espanhol assumiu que a defender remates de castigos máximos não é o seu forte.

"A verdade é que não sou muito bom em penáltis. Falámos esta manhã [ontem] e o Ruben teve a ideia de mudar um pouco as coisas e decidir antes do jogo para onde me atirar, assim não tive de pensar nisso durante o jogo. E, desta vez, fizemos 4 em 4 mergulhos para o lado certo", começou por dizer revelando uma conversa com Ruben Blanco, o guarda-redes suplente.


"Conheço os meus pontos fortes e fracos. Aceito isso e estou a tentar melhorar. Hoje, fizemos as coisas de forma diferente e funcionou. Estou feliz", terminou o camisola 16 do conjunto francês, que vai na terceira temporada ao serviço dos olympiens.


Além das duas grandes penalidades, Pau López realizou uma tremenda prestação individual, evitando o golo encarnado por diversas ocasiões. O guarda-redes espanhol terminou a partida com cinco defesas a remates feitos dentro da grande área e uma percentagem de passe de 75% (38/51).

Nesta temporada, Pau López - avaliado em 10 milhões de euros - segue com 41 partidas realizadas, onde sofreu a totalidade de 51 golos e 11 partidas sem tentos sofridos. Na época transata, disputou 42 jogos e fez dois passes para golo.



Futebol

Parece que é a gozar! Atleta do Marselha humilhou o Benfica e ainda dá para humilde

Jogador do conjunto francês colocou as próprias capacidades em causa, no fim do encontro

Pau López afirma que é mau a defender penalidades
Pau López afirma que é mau a defender penalidades

  |

Icon Comentário0

O guarda-redes espanhol do Marselha, Pau López, esteve presente na zona de entrevistas rápidas, após a derrota do Benfica nas grandes penalidades. O guardião defendeu dois penáltis, a Ángel Di María e António Silva, mas garantiu que nem é dotado de grandes capacidades para defender da marca dos 11 metros.

"A verdade é que não sou muito bom em penáltis. Falámos esta manhã [ontem] e o Ruben teve a ideia de mudar um pouco as coisas e decidir antes do jogo para onde me atirar, assim não tive de pensar nisso durante o jogo. E, desta vez, fizemos 4 em 4 mergulhos para o lado certo", começou por dizer revelando uma conversa com Ruben Blanco, o guarda-redes suplente.


"Conheço os meus pontos fortes e fracos. Aceito isso e estou a tentar melhorar. Hoje, fizemos as coisas de forma diferente e funcionou. Estou feliz", terminou o camisola 16 do conjunto francês, que vai na terceira temporada ao serviço dos olympiens. 


Além das duas grandes penalidades, Pau López realizou uma tremenda prestação individual, evitando o golo encarnado por diversas ocasiões. O guarda-redes espanhol terminou a partida com cinco defesas a remates feitos dentro da grande área e uma percentagem de passe de 75% (38/51).

Nesta temporada, Pau López - avaliado em 10 milhões de euros - segue com 41 partidas realizadas, onde sofreu a totalidade de 51 golos e 11 partidas sem tentos sofridos. Na época transata, disputou 42 jogos e fez dois passes para golo.




envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Parece que é a gozar! Atleta do Marselha humilhou o Benfica e ainda dá para humilde
Futebol

Parece que é a gozar! Atleta do Marselha humilhou o Benfica e ainda dá para humilde

 

Icon Comentário0
Ex glória do Benfica e antigas figuras presidenciais arrasam Roger Schmidt: "Tem de ser responsabilizado"
Futebol

Ex glória do Benfica e antigas figuras presidenciais arrasam Roger Schmidt: "Tem de ser responsabilizado"

 

Icon Comentário0
Eliminação do Benfica frente ao Marselha fecha rankings da UEFA para Portugal
Futebol

Eliminação do Benfica frente ao Marselha fecha rankings da UEFA para Portugal

 

Icon Comentário0