Tiago Godinho
Biografiado Autor

10 Nov 2023 | 19:16

Icon Comentário 0
Tiago Godinho

O documento mais importante da vida do Sport Lisboa e Benfica merece ser revisto com serenidade, debate e fervor benfiquista

No passado dia 31 de outubro terminou o prazo estabelecido pela direção do Sport Lisboa e Benfica, para os associados do clube enviarem as suas sugestões de alterações aos atuais estatutos do Sport Lisboa e Benfica. O movimento Servir o Benfica, que fez da revisão estatutária uma das suas principais bandeiras nos atos eleitorais de 2020 e 2021 e que no dia 01 de dezembro no pós-eleições de 2020 apresentou publicamente a sua proposta - pode ser consultada aqui -  preconizadas, com algumas alterações à proposta apresentada em 2020.

No total são 24 alterações, número igual ao número de fundadores do Sport Lisboa e Benfica, que o Servir Benfica propõe e que podem ser consultadas aqui: Proposta de Estatutos e Exposição de Motivos

Destas 24 alterações queria destacar as seguintes:


"Sujeição da nomeação de administradores por parte do SPORT LISBOA E BENFICA para o conselho de administração das sociedades participadas pelo Clube à prévia deliberação da Assembleia Geral, quando os referidos administradores não exerçam cargos sociais do SPORT LISBOA E BENFICA."

Os donos do clube, os sócios, elegem os dirigentes do Sport Lisboa e Benfica, não é de todo normal que os mesmos donos do clube sejam os responsáveis por aprovar os administradores executivos das sociedades onde o clube detém a maioria do capital social, nomeadamente na empresa que gere o futebol encarnado, a Sport Lisboa e Benfica, SAD? Será que nos últimos anos alguém com o perfil de Domingos Soares Oliveira passaria no crivo da massa associativa do clube?


"Abolição da discriminação negativa dos sócios correspondentes face aos direitos dos sócios efetivos."

Não é da mais inteira justiça que um associado correspondente, veja os seus direitos equiparados a um sócio efetivo, nomeadamente no número de votos atribuídos pela antiguidade e na capacidade de ser elegível aos órgãos sociais do Sport Lisboa e Benfica?

"Transferência do poder disciplinar da Direção sobre os sócios para o Conselho Fiscal, devendo este passar a denominar-se Conselho Fiscal e Disciplinar"

Não é do maior bom senso que o poder disciplinar seja passado para órgão independente do clube, para existirem consequências para atos indignos como os praticados na Assembleia Geral de 2019 por um ex-Presidente?

"Eleição dos órgãos sociais em listas separadas."

Não faz sentido, elegendo nos atos eleitorais sócios para três órgãos, que esse processo seja efetuado em listas separadas, garantindo a independência e legitimidade dos eleitos, nomeadamente para a Mesa da Assembleia Geral e Conselho Fiscal? Seria admissível que se isso já fosse uma realidade, o lamentável protelar e condicionamento efetuado por uma ex-direcção para a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária em 2021? Seria admissível, com inúmeras suspeitas envolvendo procedimentos menos claros das direções nos últimos anos, que em nenhum momento o Conselho Fiscal tenha feito algo de relevante?

"Remuneração dos membros da Direção, com a consequente criação de uma Comissão de Remunerações."

Não faz sentido que o Presidente e membros da Direção que estejam em exclusividade de funções, como hoje exige a gestão de um clube como ao Sport Lisboa e Benfica, sejam remunerados? É possível eleger sócios com a responsabilidade de gerir milhões de euros em part-time? Não faz sentido que esta comissão de remunerações seja eleita pelos associados do Sport Lisboa e Benfica em Assembleia Geral? Queremos dirigentes com autonomia para gerir o clube de forma inexcedível, mas o Sport Lisboa e Benfica nunca poderá ser um meio para alguém enriquecer.

"Redefinição das regras sobre o número de votos em função da antiguidade da filiação associativa"

Faz sentido que aos dias de hoje um associado com 25 anos de sócio, equivale em peso eleitoral a 50 associados com mais de 1 ano de filiação?

"Realização das reuniões da assembleia geral aos Sábados, Domingos ou feriados nacionais e agendadas para uma hora compreendida entre as 11h00 e as 15h00"

Faz sentido que um clube com mais de 200 mil associados as suas reuniões magnas sejam realizadas após as 20 h, em dias úteis, afastando dessa forma milhares de associados que não residem na área metropolitana de Lisboa?

"Obrigação de votação através de voto secreto exercido em boletim de voto físico depositado em urna fechada, incluindo nas assembleias eleitorais."

Faz sentido manter votações eletrónicas, para as eleições e Assembleias Gerais, num clube que foi eletronicamente devassado e que o seu sistema de votação eletrónica não é auditado por entidades independentes e está ferido de legitimidade quando um ex-Vice-Presidente durante sete anos, o colocou reiteradamente em causa? Não foi o último ato eleitoral uma excelente demonstração que com voto físico depositado em urna, ninguém, absolutamente ninguém questionou o resultado e no final do dia independentemente da hora a que foi conhecido o resultado a consequência foi ter um clube mais unido?

"Consagração do direito dos sócios a assistir nas reuniões da assembleia geral por meios telemáticos."

Não faz sentido, em pleno século XXI e em que todos nós por dia temos um sem número de reuniões virtuais, que seja possível aos associados do clube assistir aos trabalhos das reuniões de Assembleia Geral na sua área reservada no website do Sport Lisboa e Benfica?

"Adoção de um Regulamento Eleitoral que consagre, entre outros aspetos, a obrigação de identificação do nome do candidato a presidente do respetivo órgão social nas listas de assinaturas dos associados proponentes."

Não faz sentido ter um regulamento eleitoral transparente e aprovado pelos associados do clube? Os associados presentes na A.G. Extraordinária de 2021 eram dessa opinião, infelizmente o na altura Presidente da Mesa em substituição, Dr. Pires de Andrade de tudo fez para impedir essa votação, ele lá saberá porque, o que nós hoje sabemos é que o senhor é administrador da Sport Lisboa e Benfica, SAD representando os interesses do maior acionista particular que foi detido no processo Cartão Vermelho, cada um que retire daí as suas conclusões.

A proposta do Servir o Benfica contou com o contributo de centenas de associados do clube, com imensas reuniões, presenciais e virtuais, nos últimos anos, com um único objetivo: fortalecer o Sport Lisboa e Benfica. Um agradecimento enorme a todos que ao longo dos últimos anos ajudaram com os seus contributos para a elaboração desta proposta, um destaque especial pelo trabalho de compilação aos associados Jaime Amores e José Rosário, Benfiquistas militantes, presentes regularmente nas Assembleias Gerais, nos estádios e nos pavilhões. Uma saudação muito especial ao redator da proposta de 2020 e de agora, o enorme Benfiquista e associado João Leite.

O espírito construtivo desta e de outras propostas que tenham sido recebidas pela direção, merecem que sejam as mesmas debatidas nas reuniões de Assembleia Geral Extraordinária de revisão estatutária. É incompreensível que até hoje a Direção não tenha disponibilizado a proposta da comissão criada para o efeito, é incompreensível se este processo não for gerido de forma transparente, com uma calendarização atempada e não condicionada a resultados desportivos, favoráveis ou desfavoráveis, que não seja discutida ponto a ponto e com votação que não seja a eletrónica. O documento mais importante da vida do Sport Lisboa e Benfica merece ser revisto com serenidade, debate e fervor benfiquista, tudo o que não seja isso não será digno de todos os associados que no último século fizeram do clube o maior de Portugal e um dos maiores do Mundo.

O Dérbi

Dia 25 de Novembro, Michael Preud'Homme, Poborsky, João Vieira Pinto, Nuno Gomes e Maniche, treinados pelo campeão europeu em 1998 Jupp Heynckes foram trucidados em Vigo perdendo por 7-0. Na noite de dia 08 novembro de 2023, com outros protagonistas, mas liderados novamente por um alemão tememos seriamente que a história se pudesse voltar a repetir. Felizmente a hecatombe não ocorreu, mas o paupérrimo jogo esse não pode ser esquecido, não foi digno da nossa história.

O futebol é imprevisível, os 5 que mencionei que jogaram o jogo em Vigo, hoje provavelmente seriam todos titulares, o treinador que na altura parecia ultrapassado - embora tivesse levado o Real de Madrid 30 anos depois à glória europeia um ano antes - 14 anos depois voltaria a conquistar o maior título de clubes do Mundo ao serviço do Bayern de Munique. Moral da história, neste momento é evidente que não estamos bem, que jogamos um futebol paupérrimo para aquilo que são os pergaminhos do Sport Lisboa e Benfica, que foram cometidos erros, alguns graves, na construção do plantel, mas é estando consciente dos mesmos que podemos dar a volta por cima, nada melhor que o fazer já no próximo Domingo.

Para isso com humildade temos de encarar o melhor momento do Sporting Clube de Portugal, que preparou bem a presente época, é muito bem orientado pelo nosso caro consócio Ruben Amorim e entrará no estádio da Luz com a motivação de saber que com público não perde na Luz desde 2016 para o campeonato (as duas derrotas em 2020 e 2021 foram sem público devido à pandemia sendo que na última entraram na Luz como campeões nacionais).

Posto isto o que esperemos de todos, Direção, Treinador e jogadores é que trabalhem mais e com maior qualidade, que encarem as nossas fraquezas atuais como a força necessária para aliados a um público que tem de fazer a sua parte, vencermos o dérbi de Domingo, terminando dessa forma o fim-de-semana na liderança do campeonato. Vamos a isto, Sport Lisboa e Benfica!

Vencer o Sporting Clube de Portugal!

Viva o Sport Lisboa e Benfica!


+ opinião
Tiago Godinho
Nuno Campilho

22 Mai 2024 | 06:00

Icon Comentário0

Virar a página

Finalmente, e no que ao Benfica diz respeito, terminou a época para o futebol profissional.

Tiago Godinho
Tiago Godinho

17 Mai 2024 | 15:30

Icon Comentário0

Maio de 1994 a Maio de 2024

Para o Sport Lisboa e Benfica mudar, é necessário que, sem medos, com coragem e vontade de, dar o impulso que o clube merece

+ opinião
Nuno Campilho
Nuno Campilho

Virar a página

Finalmente, e no que ao Benfica diz respeito, terminou a época para o futebol profissional.

22 Mai 2024 | 06:00

Icon Comentário0
Tiago Godinho
Tiago Godinho

Maio de 1994 a Maio de 2024

Para o Sport Lisboa e Benfica mudar, é necessário que, sem medos, com coragem e vontade de, dar o impulso que o clube merece

17 Mai 2024 | 15:30

Icon Comentário0
Nuno Campilho
Nuno Campilho

Esta vida são dois dias e um é para acordar

Recorro a Pedro Abrunhosa e ao tema que dá nome ao álbum que comemora, este ano, 30 anos de edição, o que o fez saltar, de novo, para a ribalta.

15 Mai 2024 | 06:00

Icon Comentário0

envelope SUBSCREVER NEWSLETTER