Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

EXCLUSIVO GLORIOSO 1904 - ‘PATINHO FEIO’ MAIS AMADO DA LUZ: EIS A HISTÓRIA DE ÓSCAR CARDOZO, O MAIOR GOLEADOR ESTRANGEIRO DO BENFICA

Chegada do ‘matador’ paraguaio iniciou reabilitação do Clube encarnado

Cardozo-New
Cardozo-New

  |

Icon Comentário0

Aos 40 anos, Óscar Cardozo mantém o faro de golo apurado. Agora ao serviço do Libertad, o avançado marcou na receção ao Nacional Asunción (triunfo por 2-0), numa partida referente ao Campeonato paraguaio. Apesar da idade, antigo goleador das águias não aparenta ter intenções de abrandar e nesse sentido o nosso Jornal falou com o Bernardo Alegra, Diretor do Glorioso 1904.

O conhecido adepto do Benfica não se demonstrou surpreendido pela qualidade do atleta: “O faro de golo sempre existiu. É isso que faz dos grandes pontas-de-lança jogadores raros e muito valiosos. Cardozo alia esse faro à experiência dos 40 anos. Mas também ajudará jogar num campeonato menos competitivo como o paraguaio”.


O avançado paraguaio – avaliado em 200 mil euros – continua em grande forma, levando 12 golos e três assistências em 23 jogos com a camisola do Libertad, em 2023. Agora na condição de capitão de equipa, Cardozo é o símbolo máximo do seu país e Bernardo Alegra não descarta a possibilidade do avançado continuar a jogar ao mais alto nível durante mais alguns anos.


“Acho difícil, mas Cardozo tem características que o beneficiam: não é muito pesado para a sua altura, teve uma carreira com poucas lesões e nunca foi um jogador que se movimentasse muito, o que acaba por  poupá-lo”, referiu. 

Perante tal feito, vale a pena recordar a bonita passagem do atacante pela Luz, naquela que foi uma história única do futebol português. Afinal, desde Nené, nos anos 80, que nunca mais se viu um fenómeno tão marcante como o instinto matador de Tacuara.


Um regresso ao passado

Quando contratado pelo Benfica no verão de 2007, com 24 anos, poucos conheciam o percurso de Cardozo no futebol profissional, daí que os 11,65 milhões de euros pela totalidade do seu passe fossem uma aposta supreendente por parte dos encarnados. Afinal, tratava-se da segunda transferência mais cara da história do Clube da Luz na altura, apenas superado pelo lendário Simão Sabrosa.

O Diretor do Glorioso 1904 recorda a necessidade do Benfica em ter uma ameaça credível no setor ofensivo, até então bastante deficitário: “Era desconhecido dos portugueses, mas não era um completo desconhecido. Era titular da seleção paraguaia, figura de destaque no campeonato argentino e devidamente identificado pelo scouting do Benfica. Lembro-me que na altura gerou grande expetativa (foi uma das mais caras, se não a mais cara até a data) e todos esperávamos que fosse o goleador que procurávamos”.

O início da caminhada com o Manto Sagrado foi tudo menos fácil. Depois de participar na Copa América desse ano, o ponta-de-lança chegou ao Estádio da Luz em má forma física e o processo de adaptação ao futebol europeu fez com que não fosse decisivo logo no imediato.

Porém, no seu jeito lento, que contrastava com o futebol rápido, bonito e pressionante do Benfica, Cardozo acabaria por rapidamente estabelecer-se como uma das grandes figuras do nosso campeonato, com um estilo que Bernardo Alegra explica mais ao detalhe.

“O Tacuara era um jogador com menos mobilidade do que hoje se procura num avançado e muito dependente do pé esquerdo, o que tornava previsível as suas movimentações para os defesas mais experientes. Diria que se distinguia pela qualidade técnica do seu pé esquerdo, a potência de remate, um bom jogo de cabeça e a sua atitude determinada, sobretudo nos jogos «grande»" em que dava tudo”.

Significa que estamos a falar do jogador mais amado do Glorioso nos últimos anos? Não, errado. Cardozo era sempre o ‘patinho feio’ da Luz, um jogador que esteve longe de ser consensual. Ma a verdade é que os anos vão passar, ou mesmo as décadas, até voltar a aparecer em Portugal um goleador como Tacuara.

Nas sete temporadas que jogou de águia ao peito, Óscar Cardozo tornou-se no melhor marcador estrangeiro da história do Benfica, marcando um total de 172 golos, sendo atualmente reconhecido pelos adeptos como uma das maiores glórias das águias no século XXI.

Maior pesadelo de Rui Patrício e de todos os Sportinguistas dos últimos anos, Cardozo nunca assinou um registo abaixo dos 10 golos por época na Primeira Liga. 22, 17, 38, 24, 28, 33 e 11 são os números impressionantes que o paraguaio obteve ao longo do perído em que representou os encarnados, sendo quase sempre o melhor artilheiro do plantel.

Pelo Benfica, o avançado foi duas vezes melhor marcador da Liga e encabeçou, por uma vez, a lista dos jogadores com mais golos marcados na Liga Europa. Mas mais importante ainda, tornou-se no melhor marcador estrangeiro do Glorioso, superando os 84 golos de Mats Magnusson.

Ao todo, é o nono melhor marcador de sempre do Benfica, a apenas dois golos de apanhar o oitavo da lista, José Augusto. Eusébio continua a ser o rei, com mais 300 do que Cardozo.

Para além disto, foram várias as ocasiões em que Tacuara salvou o Clube da Luz em jogos de alta pressão. Por exemplo, em 2010/11, o Benfica teve o pior arranque de Campeonato da sua história, ao perder três das quatro primeiras jornadas. O dérbi marcado para a quinta jornada, seria a oportunidade ideal para dar um novo alento à equipa.

Aí, o ponta-de-lança paraguaio inaugurou o marcador ainda na primeira parte, mas seria na segunda que protagonizaria o melhor momento do jogo onde, após combinação com Saviola, rematou colocado de fora da área, fora do alcance de Rui Patrício. Foi o 81º golo de Óscar Cardozo de águia ao peito.

Outro momento de glória foi nas meias finais da Taça da Liga de  09/10, onde, em pleno Estádio de Alvalade, a equipa encarnada deu uma lição de força e superioridade. Cardozo até começaria o jogo no banco, entrando em campo já depois dos 60 minutos com 1-3 no marcador, mas ainda teria tempo para já perto do fim, receber a fora fora da área e, sem qualquer oposição, o paraguaio rematou daquela distancia, com um remate forte e colocado que só parou no fundo das redes.

Já o Diretor do Glorioso 1904 também recorda com carinho as exibições frente ao rival lisboeta, embora prefira destacar o momento mais polémico da carreira de Tacuara na Luz: “Sem dúvida os golos ao Sporting estão no topo. Além disso, recordo-me bem do dia em que apontou o dedo a Jorge Jesus, culpando-o da derrota na Taça de Portugal contra o Vitória de Guimarães. Exprimiu ali o justo sentimento de muitos Benfiquistas”.

Para se ter uma ideia da sua grandeza, Cardozo teve uma média de 24.7 golos por época, ao longo das sete temporadas em que esteve de águia ao peito. Um feito incrível, tendo em conta que, com exceção de Lima, Jonas e Darwin, os encarnados foram amaldiçoados com vários ‘flops’ na frente de ataque. Jara (11 golos de águia ao peito) e Nelson Oliveira (apenas 3) são alguns dos nomes que deixaram a desejar na Luz.

Ainda assim, Bernardo Alegra não escolheria o paraguaio como o melhor goleador que vestiu a camisola encarnada: “Acho inclusive que o Cardozo de 2007 hoje não era titular. O melhor avançado do Benfica no século XXI foi indiscutivelmente o Jonas”.


Futebol

Em final de contrato com o Benfica, Rafa Silva recebe proposta bíblica... e não é das Arábias

Camisola 27 ainda não tem o futuro resolvido, tendo várias opções em cima da mesa

Rafa Silva, camisola 27  do Sport Lisboa e Benfica, ainda não tem o futuro resolvido, tendo várias opções em cima da mesa
Rafa Silva, camisola 27 do Sport Lisboa e Benfica, ainda não tem o futuro resolvido, tendo várias opções em cima da mesa

  |

Icon Comentário0

Alerta, Benfica! Depois de se ter despedido dos adeptos encarnados, no último jogo da temporada no Estádio da Luz, e de ter sido apontado ao Al Shabab, Rafa Silva vê agora em cima da mesa uma proposta milionária vinda do... Galatasaray. 

Segundo adianta, esta sexta-feira, o jornal português O Jogo, o avançado luso está mesmo com pé e meio no Galatasaray, que vai mesmo fazer de tudo para convencer o atleta luso. Neste momento o clube estará a acenar com um total de 10 milhões de euros.


"O clube de Istambul colocou à frente de Rafa uma oferta contratual que lhe permitirá encaixar 3,5 milhões de euros líquidos por cada um dos dois anos de ligação oferecidos ao jogador, que encaixará ainda um prémio de assinatura definido em três milhões de euros. Tudo somado, chega-se aos 10 milhões de euros, que podem ser acrescidos de mais 3,5 milhões caso seja acionado mais um ano de opção", pode ler-se no diário acima mencionado.


Importa recordar que, após ter visto o acordo com o Al Shabab cair por terra, os rumores de mercado deram conta de que o futuro de Rafa Silva ainda poderia passar pelo Benfica, contudo, sabe o nosso Jornal que esse cenário não estará em cima da mesa.

Em 2023/24, ao serviço do Benfica, Rafa Silva – avaliado em 14 milhões de euros – realizou 52 partidas: 30 na Liga Portugal Betclic, seis na Liga dos Campeões, seis na Liga Europa, seis na Taça de Portugal, três na Taça da Liga e um na Supertaça Cândido de Oliveira. Nos 4.368 minutos que disputou, Rafa marcou uns impressionantes 22 golos e fez, ainda, 15 assistências.


Rafa chegou ao Benfica em 2016 oriundo do Braga, a troco de 16 milhões de euros. Ao serviço das águias, o avançado conta com 326 partidas, 94 finalizações certeiras, 67 assistências. O antigo internacional português conquistou oito títulos: três Campeonatos Nacionais (2016/17, 2018/19 e 2022/23), três Supertaças Cândido de Oliveira (2017/18, 2019/20 e 2023/24).


Futebol

Rui Costa tem 'ajudinha' do Lille para manter António Silva no Benfica

Camisola 4 do Clube da Luz é um dos principais nome para a janela de transferências de verão

António Silva é um dos principais nome para a janela de transferências do Benfica, com Lille a ajudar Rui Costa
António Silva é um dos principais nome para a janela de transferências do Benfica, com Lille a ajudar Rui Costa

  |

Icon Comentário0

Ekrem Konur traz boas notícias para Rui Costa. Segundo adianta o especialista em questões de mercado, Leny Yoro, defesa do Lille, é o principal alvo dos tubarões, que estavam de olho posto em António Silva. Assim sendo, a saída do central formado no Seixal pode complicar-se. 

De acordo com informações avançadas pela mesma fonte, através da rede social X (antigo Twitter), esta sexta-feira, o Real Madrid, o Manchester United e o PSG são os favoritos para garantir a transferência de Leny Yoro, sendo que tanto os madrilenos como os red devils tinham a mira apontada a António Silva.


Importa recordar que, o defesa formado no Seixal tem sido dos nomes mais falados para esta janela de transferências de verão, sendo que vários têm sido os valores apontados ao negócio. Os últimos rumores dão conta de que os dirigentes encarnados, com Rui Costa à cabeça, estarão a pedir 50 milhões de euros por António Silva.


De destacar que, o jovem internacional português está neste momento blindado por cláusula de rescisão de 100 milhões de euros, estando vinculado com o Benfica até junho de 2027.

António Silva - atualmente avaliado em 45 milhões de euros -, na temporada 2023/24, marcou presença em 50 encontros, onde registou dois golos. Já na época passada, ano em que se estreou na formação de Roger Schmidt, o defesa alinhou em 44 partidas, somando cinco tentos, sem contabilizar qualquer assistência.


Ao todo, na equipa principal do Benfica, António Silva conta com 94 partidas, onde fez 'gosto ao pé' por sete ocasiões, sem contabilizar qualquer assistência. Recorde-se que o craque passou a ser opção indiscutível para Roger Schmidt na temporada transata.



Modalidades

Já cheira a título! Com remontada épica, basquetebol do Benfica volta a fazer 'gato-sapato' do Porto

Encarnados foram a jogo esta sexta-feira, 7 de junho, no reduto azul e branco

Basquetebol do Benfica defrontou esta sexta-feira a equipa do Porto, no reduto azul e branco
Basquetebol do Benfica defrontou esta sexta-feira a equipa do Porto, no reduto azul e branco

  |

Icon Comentário0

Após ter começado a final da Liga Betclic da melhor maneira (Saiba mais AQUI), a equipa de basquetebol do Benfica voltou a fazer do Porto 'gato-sapato' na eliminatória, esta sexta-feira, vencendo, por 73-62 , no jogo dois da final do play-off da Liga Betclic. Veja AQUI como decorreu a partida. 

Norberto Alves optou por ir a jogo, no Dragão Arena, com Toney Douglas, Aaron Broussard, Betinho Gomes, Ivan Almeida e Terrell Carter no cinco inicial, deixando Eduardo Francisco, José Barbosa, Thomas Drechsel, Makram Ben Romdhane, Diogo Gameiro, Sérgio Silva e Daniel Relvão no banco. 

Já os dragões apostaram na titularidade de Cleveland Melvin, Max Landis, Anthony Barber, Phillip Fayne e Charlon Kloof. Miguel Maria, João Guerreiro, Miguel Queiroz, Apolo Caetano, Luís Silva, Nuno Sá e Ricardo Monteiro foram os suplentes. 


No capítulo individual, destaque para Drechsel (14 pontos e cinco ressaltos) Aaron Broussard (13 pontos, dois ressaltos e uma assistência), Terrel Carter (10 pontos), Toney Douglas  (10 pontos) e Ivan Almeida (nove pontos e duas assistências) 


Depois de terem entrado mais fortes, chegando a ter uma vantagem de quatro pontos, os pupilos de Norberto Alves viram os dragões crescer no duelo, indo mesmo a perder para intervalo por 37-28. Os encarnados não deixaram que a desvantagem fizesse mossa, vindo mais fortes dos balneários. Foi no terceiro quarto que a remontada começou, com os detalhes a acabarem por definir o futuro do duelo, que sorriu ao Glorioso. 

Com esta vitória – a 40.ª em 51 encontros na presente temporada –, o basquetebol do Benfica está na frente da final do play-off da Liga Betclic e está a ‘apenas’ um triunfo de revalidar o título.


O terceiro jogo da final está agendado para a próxima segunda-feira, às 15h00, no Pavilhão Fidelidade. Vale lembrar que são necessárias três vitórias para conquistar o título de campeão nacional. Para chegar à final, o basquetebol do Benfica deixou pelo caminho o Vitória de Guimarães (quartos-de-final, 2-0) e a Oliveirense (meias-finais, 3-0). Na fase regular, as águias terminaram no segundo lugar. 



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Com estadia no Benfica 'tremida', Benjamín Rollheiser soma novo pretendente no... Brasil
Futebol

Com estadia no Benfica 'tremida', Benjamín Rollheiser soma novo pretendente no... Brasil

 

Icon Comentário0
Afinal eram só balelas! Benfica 'está nem aí' para Mason Greenwood' e Rui Pedro Braz...
Futebol

Afinal eram só balelas! Benfica 'está nem aí' para Mason Greenwood' e Rui Pedro Braz...

 

Icon Comentário0
Reforço de Schmidt garante que vai vestir à Benfica
Futebol

Reforço de Schmidt garante que vai vestir à Benfica

 

Icon Comentário0