Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

MAURO XAVIER ‘ATIRA-SE’ A ARTUR SOARES DIAS DEPOIS DE LANCE POLÉMICO NO DÉRBI ENTRE O BENFICA E O SPORTING (COM VÍDEO)

Comentador do Benfica saiu em defesa do Clube da Luz

artur soares dias
artur soares dias

  |

Icon Comentário0

Mauro Xavier manifestou a sua opinião sobre o dérbi entre o Benfica e o Sporting, que se realizou no último domingo, dia 15 de janeiro, e que acabou com igualdade no marcador (Saiba mais AQUI), através de um artigo de opinião divulgado pelo jornal ‘Record’.

O gestor começou por abordar o momento em que Roger Schmidt, após o jogo, não se deixou ficar e discordou da decisão do VAR, no penálti assinalado contra o Benfica, num lance em que António Silva derrubou Paulinho, dentro da grande área (Saiba mais AQUI) invocando a lei 5 do manual de regras da International Football Association Board (IFAB) que diz que "o árbitro poderá ser assistido por um VAR apenas em situações de ‘claro e óbvio erro’".


Esta norma, como reforça Mauro, “estabelece claramente que o VAR só pode intervir em caso de lapso indiscutível”. Deste modo, o comentador concorda com Roger Schmidt e questiona “como é que um lance claro e óbvio pode necessitar de longos minutos de análise com inúmeras repetições?”.


Confira aqui o lance: 

https://twitter.com/vsports_pt/status/1614704258477080579


Mauro Xavier continua no capítulo arbitragem, onde enaltece a exibição de Artur Soares Dias, garantindo que o mesmo “foi protagonista, graças a uma sucessão de erros amadores e a uma dualidade de critérios gritante na avaliação disciplinar”, acreditando que o papel da arbitragem teve implicação no resultado final do dérbi entre águias e leões.

O cronista do ‘Record’ continua a atirar-se ao árbitro Soares Dias, apresentando algumas estatísticas que suportam a sua opinião. “Poderia ser apenas um dia mau, mas insere-se numa longa tendência. Desde 2004-2005, época de estreia de Soares Dias, o Benfica disputou 49 partidas com o Sporting para as competições nacionais. Com o árbitro portuense, o Benfica venceu três jogos e perdeu outros três. Com outros juízes, o Benfica venceu 19 jogos e perdeu apenas 10”, concluiu.

Mas os números não ficam por aqui, garante Mauro Xavier, recordando os duelos das águias com o rival do Norte, o Porto, em que afirma que estas decisões são “um fenómeno que a ciência não consegue explicar”.

Em suma, o conhecido Benfiquista conclui que “existe todo um sistema que tem de ser repensado urgentemente”, no que toca à nomeação das equipas de arbitragem para os embates do Glorioso, considerando, no entanto, que “é claro e óbvio que se deve promover a meritocracia na arbitragem, através de classificações independentes e castigos proporcionais aos erros cometidos. O futebol português precisa de responsáveis que façam frente a um sistema que já provou não funcionar”, encerrou Mauro.

O Benfica volta a ir a jogo no próximo dia 21 de janeiro, sábado, pelas 18h00, nos Açores, frente ao Santa Clara, para jogar a 17.ª jornada da Liga Portugal Bwin.

NOTÍCIAS RELACIONADAS: 

Fotografia de Benfica 


Futebol

Quatro meses de diferença e cinco mudanças no onze para o duelo entre Benfica e Farense

As águias viajam até ao Algarve, na segunda-feira, dia 22 de abril, para defrontar o conjunto de Faro

Equipa
Equipa

  |

Icon Comentário0

O Benfica e o Farense enfrentaram-se pela última vez há quatro meses, numa partida que terminou com igualdade a uma bola, no Estádio da Luz. Agora, na segunda volta da Liga Portugal, os algarvios vão entrar em campo com cinco alterações (no mínimo) relativamente ao onze utilizado na Catedral.

O técnico José Mota não conta com os recém castigados Mattheus Oliveira e Bruno Duarte, que viram o quinto amarelo diante do Vitória de Guimarães e são baixas de peso nos leões do Algarve. Existem ainda os lesionados Zach Muscat, Talocha e Vítor Gonçalves, que foram todos titulares no Estádio da Luz.


Confira a equipa utilizada por José Mota a oito de dezembro de 2023: Ricardo Velho; Pastor, Zach Muscat, Gonçalo Silva e Talocha; Cláudio Falcão, Vítor Gonçalves e Mohamed Belloumi; Mattheus Oliveira, Marco Matias e Bruno Duarte.


O possível onze utilizado pelo Farense na segunda volta será: Ricardo Velho; Pastor, Igor Rossi, Gonçalo Silva e Talys Oliveira; Cláudio Falcão, Facundo Cáseres e Rafael Barbosa; Mohamed Belloumi, Marco Matias e Zé Luís.

Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo.



Futebol

Benfica tem problema antigo nos penáltis e Roger Schmidt só veio piorá-lo

Desaire frente ao Marselha vem de uma longa tendência de maus desempates por grandes penalidades

Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica
Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica

  |

Icon Comentário0

A eliminação do Benfica dos quartos de final da Liga Europa às mãos do Marselha vem a descrever uma clara tendência de insucesso das águias no desempate por grandes penalidades. A derrota veio piorar um historial que já não era o melhor e já é o terceiro desaire da era Schmidt neste tipo de desempate.

Pela sexta vez na sua gloriosa história, o Benfica disputou um desempate por grandes penalidades nas competições europeias. O registo passou a ser de duas vitórias e quatro derrotas, com o último insucesso a ser a inesquecível derrota com o Sevilha na final da Liga Europa em 2013/14 por 2-4 nos penaltis (0-0 aos 120').

O balanço da era Roger Schmidt também é negativo. Desde que chegou, o alemão começou bem com uma vitória diante do Caldas, na Taça. A partir daí o Benfica foi eliminado pelo Braga, também na prova rainha e esta época pelo Estoril na Allianz Cup e agora pelo Marselha na Liga Europa.

Além disso, esta acabou por ser a terceira época consecutiva em que as águias caíram nos quartos-de-final de uma competição europeia, depois de tal ter sucedido contra o Inter (2022/23) e Liverpool (em 2021/22), ambas na Liga dos Campeões.


Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo. 



Futebol

Ex-dirigente do Benfica indignado com arbitragem frente ao Sporting: "VAR não interveio porque não quis"

Encarnados acabaram eliminados da Taça de Portugal, mas têm queixas da arbitragem de João Pinheiro, auxiliado por Hugo Miguel no VAR

Rafa foi tocado por Coates dentro da área do Sporting, mas não foi assinalado penalti a favor do Benfica
Rafa foi tocado por Coates dentro da área do Sporting, mas não foi assinalado penalti a favor do Benfica

  |

Icon Comentário0

José Ribeiro e Castro, antigo vice-presidente do Benfica, mostrou-se, esta quarta-feira, desagradado com a arbitragem de João Pinheiro no dérbi da última noite frente ao Sporting, a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal. O ex-dirigente das águias apontou também o dedo a Hugo Miguel, VAR da partida, devido ao lance entre Rafa Silva e Coates na área leonina que está a fazer correr muita tinta.

"Parece-me claramente que há ali um pé que é deixado e que portanto o jogador, que vai em movimento, é derrubado e cai na área. Segundo as regras, costuma ser penálti", começou por afirmar Ribeiro e Castro em declarações à Antena 1.

"O lance foi mostrado várias vezes. O VAR não interveio porque não quis. Admite que o árbitro em campo possa ter dúvidas, mas o VAR existe para tira-teimas", atirou ainda, antes de se revelar confiante na vitória do Benfica no sábado, em nova visita ao Sporting, desta vez a contar para o Campeonato Nacional.


"Espero que o Benfica ganhe. É o único resultado que interessa. Que repita esta exibição e que tenha mais sorte. Houve muitos jogadores que estiveram muito bem. Espero que este resultado lhes dê fome para sábado", concluiu o antigo dirigente das águias. 


Importa recordar que o Benfica empatou a partida por 2-2, no entanto, acabou eliminado pelo rival Sporting, que chegou à Catedral com uma vantagem por 2-1, conquistada na primeira mão do desafio, no Estádio José Alvalade. O encontrou acabou por ser manchado pela arbitragem de João Pinheiro, que não assinalou o penálti a favor das águias, com o qual o Clube da Luz teria a oportunidade de igualar a meia-final da Taça de Portugal.


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Ex Benfica: Grimaldo bate recorde com o Bayer Leverkusen para mais jogos sem perder
Futebol

Ex Benfica: Grimaldo bate recorde com o Bayer Leverkusen para mais jogos sem perder

 

Icon Comentário0
Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época
Futebol

Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época

 

Icon Comentário0
Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado
Futebol

Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado

 

Icon Comentário0