Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

PSG avança com oferta milionária por craque de Schmidt, mas Benfica mantém-se firme

franceses estão decididos a contratar o atleta encarnado neste defeso de verão

PSG avança com oferta milionária por João Neves
PSG avança com oferta milionária por João Neves

  |

Icon Comentário0

O clube parisiense tenta ultrapassar a concorrência de vários clubes de elite para garantir a jovem promessa. Com a potencial saída de João Neves, o Benfica já está a avaliar possíveis substitutos para reforçar a sua equipa. O jogador, de 19 anos, tem sido uma das principais revelações do Benfica na última temporada, despertando o interesse de grandes clubes europeus. O PSG pretende fazer de Neves uma peça central em meio-campo, vendo um jogador com um grande futuro.


Entretanto, o jornal A Bola, relata que o Benfica está ciente do assédio ao jovem talento e já está a tomar medidas para encontrar um substituto à altura. O Clube da encarnado está a avaliar vários jogadores no mercado que possam preencher a lacuna que Neves deixaria. Entre as opções estão jogadores jovens com potencial de crescimento e outros mais experientes que possam trazer estabilidade imediata ao meio-campo.


A situação tem gerado grande expectativa entre os adeptos Benfiquistas, que vêem em Neves um futuro ídolo do clube. A possível saída do jogador seria um golpe, mas a direção do Benfica está confiante de que poderá encontrar uma solução adequada. O Clube tem histórico de formação de talentos e acredita que, mesmo com a perda de Neves, poderá continuar a ser competitivo.


Ainda segundo o jornal A Bola, o PSG enfrenta concorrência feroz de outros gigantes do futebol europeu, como o Manchester City e o Real Madrid, na corrida por João Neves. Isso demonstra a elevada cotação do jogador no mercado internacional. O Benfica, por sua vez, está determinado a garantir o melhor negócio possível, caso a transferência se concretize.


A novela em torno da possível transferência de João Neves promete continuar a ser um dos principais temas do mercado de transferências de verão. O desfecho ainda é incerto, mas uma coisa é clara: o Benfica está preparado para responder a qualquer cenário, mantendo o foco na construção de uma equipa forte e competitiva para a próxima temporada.


Na temporada 2023/24, ao serviço do Benfica, João Neves – avaliado em 55 milhões de euros – realizou 55 encontros: 33 no Campeonato Nacional, seis na Liga dos Campeões, seis na Liga Europa, seis na Taça de Portugal, três na Taça da Liga e um na Supertaça Cândido de Oliveira. Ao todo, nos 4.304 minutos que disputou, o médio marcou três golos e fez uma assistência.

Ao todo, desde que se estreou com o Manto Sagrado, João Neves contabiliza 75 partidas, quatro golos, duas assistências e dois títulos conquistados: um Campeonato Nacional (2022/23) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2023/24). O internacional português tem contrato até junho de 2028.


Futebol

Para segurar António Silva no Benfica, Rui Costa pode ter que 'sacrificar' defesa neste mercado

Presidente do Glorioso terá que tomar decisão importante até ao fecho da janela de transferências

Presidente do Benfica terá que tomar decisão neste mercado
Presidente do Benfica terá que tomar decisão neste mercado

  |

Icon Comentário0

O Benfica continua atento ao mercado de transferências. Depois das chegadas de Vangelis Pavlidis e de Leandro Barreiro, Rui Costa centra-se agora em possíveis vendas. No entanto, a missão do Presidente do Glorioso não se avizinha fácil. 

De acordo com o portal Desporto ao Minuto esta quinta-feira, dia 11 de julho, face à exibição de António Silva no EURO 2024, uma possível venda nesta janela de verão pode ter ficado condicionada. Dessa forma, e segundo a mesma fonte, Rui Costa pode-se ver ‘obrigado’ a ter que vender Morato para conseguir realizar um encaixe financeiro. 

Recorde-se que o jovem central brasileiro consta na lista do Fulham. Marco Silva é um grande admirador do defesa e pretende assegurar a sua contratação, isto depois de não ter conseguido na temporada passada. Lembre-se também que o Benfica já rejeitou propostas de 25 milhões de euros pelo defesa-central, que podiam ascender aos 30 milhões mediante a concretização de objetivos. 


Morato - avaliado em 15 milhões de euros - somou 35 encontros, na presente temporada: 21 na Liga Portuguesa, cinco na Liga dos Campeões, cinco na Taça de Portugal, três na Taça da Liga e um na Liga Europa, totalizando 2.599 minutos. O defesa fez ainda duas assistências. 


No total, Morato já realizou 85 jogos pela equipa principal do Benfica, desde a sua chegada no ano de 2019, vindo do São Paulo. O brasileiro registou ainda dois golos marcados e três assistências, sendo que levantou uma Liga Portuguesa e uma Supertaça Cândido de Oliveira. 

Já em 23/24, ao serviço do Benfica, António Silva – avaliado em 45 milhões de euros – marcou presença em 50 encontros: 30 no Campeonato Nacional, seis na Liga Europa, seis na Taça de Portugal, quatro na Liga dos Campeões, três na Taça da Liga e um na Supertaça Cândido de Oliveira. Nos 4.363 minutos em que esteve dentro das quatro linhas, o defesa-central apontou dois golos. 


Ao todo, na equipa principal do Benfica, António Silva conta com 94 partidas, onde fez gosto ao pé por sete ocasiões. Com o Manto Sagrado, o internacional português conquistou um Campeonato Nacional (2022/23) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2023/24). 



Futebol

Roger Schmidt já definiu data para estrear os novos reforços do Benfica

Águias querem colocar os seus novos atletas em competição e observar o que oferecem

Pavlidis e Leandro Barreiro perto das estreias
Pavlidis e Leandro Barreiro perto das estreias

  |

Icon Comentário0

O Benfica já garantiu as contratações de Vangelis Pavlidis e Leandro Barreiro para a equipa principal, além da chegada a título definitivo de Álvaro Carreras. Ambos os atletas deverão estrear-se de águia ao peito na próxima sexta-feira, dia 12 de julho, no encontro amigável diante do Farense.

O técnico alemão do Benfica, Roger Schmidt, pretende colocar o máximo de atletas em ação para poder analisar o seu rendimento e os dois novos reforços não fogem à regra. Os próprios adeptos encarnados também aguardam para ver a estreia do avançado grego e do médio luxemburguês.


Logo no sábado seguinte, no dia 13 de julho, o Benfica vai novamente a jogo, desta vez diante do Celta de Vigo. Este segundo encontro irá complementar o primeiro, permitindo a Schmidt ter uma visão muito mais clara sobre a equipa que vai utilizar em 2024/2025.


Em 2023/24, ao serviço do AZ Alkmaar, Vangelis Pavlidis – atualmente avaliado em 25 milhões de euros – marcou presença em 46 partidas: 34 no Campeonato Nacional, 10 na Conference League e dois na Taça. Nos 4.134 minutos que disputou, o avançado grego marcou 33 golo e fez seis assistência.

Na temporada 2023/24, com a camisola do Mainz, Leandro Barreiro – atualmente avaliado em 17 milhões de euros – realizou 33 encontros (2.766 minutos): 31 na Bundesliga e dois na SFB Pokal.  O futebolista acabou por apontar quatro golos (Estugarda, Leipzig, Colónia e Dortmund), somando ainda uma assistência.



Futebol

Benfica estuda alternativas para equilibrar contas: Necessidade de vendas de ativos é urgente

SAD enfrenta desafio financeiro com medidas estratégicas e vendas de jogadores para mitigar prejuízos

SAD enfrenta desafio financeiro com medidas estratégicas e vendas de jogadores para mitigar prejuízos
SAD enfrenta desafio financeiro com medidas estratégicas e vendas de jogadores para mitigar prejuízos

  |

Icon Comentário0

A administração da Benfica SAD está consciente de que o último exercício financeiro será encerrado com um prejuízo considerável, na ordem dos 40 a 50 milhões de euros. Apesar disso, a situação de tesouraria não está ainda crítica. No entanto, é essencial realizar vendas de ativos antes do encerramento do mercado de verão. Paralelamente, a SAD conta com receitas menores provenientes de outros negócios para ajudar a equilibrar as contas.

Entre essas receitas, destacam-se os casos de Gedson Fernandes e Paulo Bernardo. O médio Gedson Fernandes, atualmente no Besiktas, é alvo do Zenit, que está disposto a pagar 20 milhões de euros pelo jogador, dos quais o Benfica tem direito a metade. Paulo Bernardo, após uma temporada de sucesso no Celtic, é desejado pelo clube escocês por um valor que poderá chegar a 5 milhões de euros. Estes dois jogadores poderiam render aos cofres do Benfica cerca de 15 milhões de euros.

Além disso, a venda de Jhonder Cádiz ao León por 3 milhões de euros também contribuirá com uma percentagem para o Benfica, embora esta não tenha sido divulgada. A SAD também está a tentar negociar as saídas de Meitê e Tiago Dantas, dois jogadores que não fazem parte dos planos de Roger Schmidt, na esperança de garantir mais algumas receitas. A prioridade, no entanto, continua a ser a venda de António Silva, apesar de o central não ter valorizado no Europeu, o que pode dificultar a obtenção dos valores desejados.

João Neves é outro jogador que suscita grande interesse no mercado, especialmente por parte do Manchester United, que já ofereceu 70 milhões de euros, e do PSG. Contudo, a SAD está determinada a manter o médio para a temporada 2024/25 e tenta negociar uma renovação de contrato com uma melhoria salarial significativa. João Neves, com contrato até 2028, continua a ser uma peça importante no plantel, o que justifica a resistência em aceitar as propostas milionárias.


Um dos maiores desafios para a SAD é resolver a situação de Arthur Cabral, que não conseguiu impor-se após a sua contratação por 20 milhões de euros, mais 5 milhões em objetivos, junto à Fiorentina. A venda de Cabral é prioritária, mas os clubes interessados até agora, tanto do Brasil como da Arábia Saudita, têm recuado devido aos valores envolvidos. Outra possível saída é a de Casper Tengstedt, que está a ser observado pelo Espanyol. Enquanto isso, as contratações de inverno de Marcos Leonardo e Rollheiser começam agora a ser liquidadas, após terem sido finalizadas em janeiro.




envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


Benfica estuda alternativas para equilibrar contas: Necessidade de vendas de ativos é urgente
Futebol

Benfica estuda alternativas para equilibrar contas: Necessidade de vendas de ativos é urgente

 

Icon Comentário0
Más notícias! Rui Costa vê venda quase obrigatória do Benfica complicar-se bastante
Futebol

Más notícias! Rui Costa vê venda quase obrigatória do Benfica complicar-se bastante

 

Icon Comentário0
Quase oficial: Roger Schmidt coloca avançado do Benfica no mercado e atleta segue para o... Arouca
Futebol

Quase oficial: Roger Schmidt coloca avançado do Benfica no mercado e atleta segue para o... Arouca

 

Icon Comentário0