Bernardo Alegra
Biografiado Autor

14 Fev 2024 | 07:00

Icon Comentário 0
Bernardo Alegra

O passado dia 12 de fevereiro ficou para a história do desporto português. Pela primeira vez, um atleta luso, Diogo Matos Ribeiro, conquistou uma medalha de ouro num campeonato de mundo de natação de piscina longa

Hoje vamos falar de desportos aquáticos para variar. Não, não me refiro ao jogo do passado domingo que, se tiver sido visto por alguém ligado à FINA, podia perfeitamente integrar o Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos, enquanto variação do Polo Aquático, mas vagamente aparentado com o futebol.

O passado dia 12 de fevereiro ficou para a história do desporto português. Pela primeira vez, um atleta luso, Diogo Matos Ribeiro, conquistou uma medalha de ouro num campeonato de mundo de natação de piscina longa.

Para termos ideia da dimensão do feito do jovem de Coimbra, passaram cinquenta e um anos desde o início dos campeonatos mundiais de natação para que, finalmente, um português chegasse ao lugar mais alto do pódio numa prova de natação em piscina longa, alguns meses depois de ter ganho a primeira medalha de sempre, dessa vez de prata.


Até o Diogo começar a rechear o seu palmarés com estas medalhas, nunca vistas por cá, o melhor resultado tinha sido um quinto lugar de Alexandre Yokochi em 1985 e apenas este e Ana Barros tinham chegado a finais na maior prova de natação do mundo.

Reparem que esta prova, que vai na sua vigésima primeira edição, já distribuiu mais de três mil medalhas e, até 2022, havia cinquenta países que já tinham subido ao pódio pelo menos uma vez.


Isto, obviamente, ilustra bem a conhecida falta de cultura desportiva do nosso país, em que as vitórias aparecem mais por fruto do acaso do que por consequência de planeamento de médio/longo prazo.

Mas, mais importante, destaca a excecionalidade do feito de Diogo Matos Ribeiro que, esperemos, inspirará muitos jovens a seguir outro desporto que não o futebol, na esperança de um dia lhe seguirem os feitos.

Justo é também elogiar o seu clube, o Sport Lisboa e Benfica, que contribui para que o Diogo tenha todas as condições que necessita para chegar a estes resultados.

O projeto Benfica Olímpico é ninho de muitos dos melhores atletas olímpicos nacionais, reforçando o papel único do clube no desenvolvimento do desporto português, muito para além do futebol.

Parabéns ao Benfica e, sobretudo, parabéns e obrigado ao Diogo. Só ele sabe o que teve de trabalhar para chegar a este feito.

P.S. Sobre o jogo de domingo em Guimarães, partilho quase na totalidade a opinião do Nuno Campilho aqui. Já não me bastava não entender a insistência em Morato e João Mário na ala esquerda, ainda menos entendo como é que, num jogo com o terreno naquele estado, se decide levar a jogo uma tática sem ponta de lança ou, se preferirem, confiando essa posição a um dos jogadores mais leves do nosso plantel. Eu não pretendo saber mais que um treinador titulado como Roger Schmidt, mas há coisas que são de tal forma senso comum que não consigo perceber qual a linha de raciocínio dessas decisões.

Do mal o menos, levámos um ponto e continuamos a depender só de nós, mas saímos de Guimarães sem margem de erro.


+ opinião
Bernardo Alegra
Nuno Campilho

17 Abr 2024 | 19:00

Icon Comentário0

Afinal havia outros...

O último jogo do Benfica trouxe-nos oito alterações em relação ao 11 que havia jogado os jogos anteriores.

Bernardo Alegra
Bernardo Alegra

16 Abr 2024 | 09:48

Icon Comentário0

Com ou sem Magia?

E aqui chegados, a renovação ou não de Di María representa um desafio sobretudo para Rui Costa e Lourenço Coelho. De Schmidt já sabemos com o que podemos contar.

Bernardo Alegra
Tiago Godinho

12 Abr 2024 | 16:33

Icon Comentário0

Lutar pela Liga Europa

Uma eventual conquista desta competição não pode servir para branquear a péssima época do Sport Lisboa e Benfica

+ opinião
Nuno Campilho
Nuno Campilho

Afinal havia outros...

O último jogo do Benfica trouxe-nos oito alterações em relação ao 11 que havia jogado os jogos anteriores.

17 Abr 2024 | 19:00

Icon Comentário0
Bernardo Alegra
Bernardo Alegra

Com ou sem Magia?

E aqui chegados, a renovação ou não de Di María representa um desafio sobretudo para Rui Costa e Lourenço Coelho. De Schmidt já sabemos com o que podemos contar.

16 Abr 2024 | 09:48

Icon Comentário0
Tiago Godinho
Tiago Godinho

Lutar pela Liga Europa

Uma eventual conquista desta competição não pode servir para branquear a péssima época do Sport Lisboa e Benfica

12 Abr 2024 | 16:33

Icon Comentário0

envelope SUBSCREVER NEWSLETTER