Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Clube

RUI COSTA PEDE CALMA AOS ADEPTOS DO BENFICA E RECUSA ENTRAR EM EUFORIAS, MAS...

Presidente do Clube encarnado falou aos Benfiquistas

Rui cost
Rui cost

  |

Icon Comentário0
O Presidente Rui Costa esteve presente no Estádio da Luz, onde decorreu o VIII Torneio de Sueca das Casas Benfica, e falou sobre o momento que o Clube encarnado atravessa no futebol, mas não só, recusando entrar em euforias.  “O nosso trabalho é fazer com que a família Benfiquista esteja cada vez mais unida, tenha cada vez mais prazer no seu clube e é para isso que trabalhamos afincadamente, procurando que os anos acabem como está a correr este a nível desportivo”, referiu Rui Costa, acrescentando, ainda, que o Benfica procura estar no topo em todas as frentes: “Não só no futebol, nas modalidades também, mas, como tive oportunidade de dizer, falta muito até às conquistas e este foco não pode ser perdido”. 
O líder do Clube encarnado frisou que é importante sonhar, mas que não se pode cair na tentação de achar que já está tudo ganho.
“Não podemos estar com o deslumbramento de as coisas estarem a correr bem. O que temos a fazer após a interrupção do campeonato e o que procuramos é ganhar. O foco que tivemos no início da temporada e os títulos que pretendemos têm de se manter, apesar de as coisas estarem como estão neste momento. É este caminho que queremos seguir, daí termos esta forma de estar no clube, mas sentimos que as pessoas estão felizes com o que está a ser feito”, finalizou Rui Costa.

Clube

Pedro Brinca, conhecido adepto do Benfica, aponta dedo a braço direito de Pedro Proença: “Surreal”

Comentador do Glorioso 1904 sem meias palavras para classificar atuação da Liga Portugal

Pedro Brinca deixou duras críticas a alto responsável da Liga Portugal, liderada por Pedro Proença
Pedro Brinca deixou duras críticas a alto responsável da Liga Portugal, liderada por Pedro Proença

  |

Icon Comentário0

Pedro Brinca considera surreal a entrevista que Rui Caeiro, antigo alto responsável do Sporting e atual diretor executivo da Liga Portugal, sobre o processo de centralização dos direitos televisivos.

“A semana passada assisti a uma das entrevistas mais surreais que já vi até hoje. O tema? Ponto do processo da comercialização centralizada dos direitos audiovisuais da Primeira e Segunda Liga a partir de 2027/28. O protagonista? Rui Caeiro, diretor executivo da LPFP, entrevistado pelo Negócios-Record”, começa por referir Pedro Brinca.


“Em que ponto é que está neste momento o processo? Não responde. Há alguma hipótese de acontecer antes de 2028/29? É uma ambição da Liga? Não responde. Consegue garantir que nenhum clube vai perder dinheiro? Não responde. Quanto é que valem os direitos da liga centralizados? Consegue dar-me um número? Não responde, apesar de em abono da verdade, dizer que valem mais do que o valor atual. Mas mal seria, só em termos de inflação, estamos a falar já cerca de 25% relativamente a 2015”, atira o conhecido adepto do Benfica.


“Porque comparamos Portugal com os big-five? Não responde. Tem alguma proposta em mãos pelos direitos televisivos? Não responde. Há alguma entidade que tenha dito "eu pago 300 milhões de euros por ano pelos jogos de futebol?" Não responde. Quem são os players que estão interessados? Não responde”, atira o economista.

“Há concordância dos clubes em fazer este processo o mais depressa possível. Tem interessados em comprar pelos valores que a Liga estabeleceu como mínimos? Porque não está fechado ainda? Não responde. Ver todo o futebol em Portugal custa 50 euros. Quantas famílias conseguem pagar isto? Não responde. Não o preocupa que as três principais operadoras sejam também elas detentoras do canal que é dono dos direitos de quase todos os jogos de todos os clubes? Isto não é concentração a mais? Não responde”, refere o comentador do Glorioso 1904.


“Referiu três pilares fundamentais para o processo, sendo que dois estarão perto da conclusão: um regulamento de controlo económico, um regulamento de audiovisuais, e um controlo de investimento em infraestruturas. Mas o que eu gostaria de saber é porque é que é precisa a negociação centralizada para os fazer. Se os regulamentos referidos são algo que os clubes querem, podem ser aprovados já em assembleia geral da Liga. Porque estão à espera de 2027/28? Por outro lado, se for algo que os clubes não querem e lhes seja imposto, em assembleia geral podem perfeitamente destituir a direção e eleger uma que reponha os regulamentos que desejam. Com negociação centralizada ou não”, afirma Pedro Brinca.

“A frase mais repetida de toda a entrevista foi que a Liga está empenhada em fazer o processo da negociação centralizada bem feito. Ok, ainda bem. Pelo menos já sabemos que estão empenhados e que estão empenhados em fazer bem”, finaliza o conhecido adepto do Benfica.


Clube

Benfica divulga ordem de trabalhos e horário de dupla Assembleia Geral

Sócios dos encarnados vão ter reunião magna, que promete ser bastante animada

Benfica divulgou horário de dupla Assembleia Geral, que se realiza no próximo dia 15 de junho
Benfica divulgou horário de dupla Assembleia Geral, que se realiza no próximo dia 15 de junho

  |

Icon Comentário0

Já são conhecidos os horários e a ordem de trabalhos para as Assembleias Gerais do Benfica. Os sócios do Clube da Luz estão convocados para duas AG's que se realizam no dia 15 de junho, sendo que uma será de manhã e outra à tarde. Neste período, vai ser abordado a Revisão dos Estatutos e a votação do Orçamento do Clube para a próxima temporada

Primeiro, para as 10h30, no pavilhão n.º 2, está marcada a AG para "apresentação, discussão e votação da proposta de metodologia para discussão e votação das propostas de alteração dos Estatutos do Sport Lisboa e Benfica". Depois disso serão admitidas as propostas de alteração. Ao dia de hoje, são conhecidas apenas as propostas da Direção e do movimento 'Servir o Benfica'.


Já para as 15h00, no mesmo local, foi convocada a AG ordinária. Começará com a "aprovação das atas", seguindo-se a discussão e do "orçamento ordinário de exploração, o orçamento de investimentos e o plano de atividades, elaborados pela Direcção para o exercício de 2024/2025".


As reuniões magnas serviram ainda para os adeptos tecerem várias questões diretamente a Rui Costa, depois de uma época que ficou marcada pelo descontentamento devido aos fracos resultados desportivos da equipa masculina de futebol sénior. A equipa comandada por Roger Schmidt terminou a temporada no segundo lugar a 10 pontos do campeão Sporting. 



Futebol

Oficial: Centro-campista renova contrato com o Benfica até 2027

Informação foi adiantada pelo Clube da Luz, esta sexta-feira, dia 7 de junho, no site oficial

Andreia Faria renova com o Benfica
Andreia Faria renova com o Benfica

  |

Icon Comentário0

A média-defensiva do Benfica, Andreia Faria, renovou contrato com o Clube da Luz, esta sexta-feira, dia 7 de junho. A informação foi adianta pelo site oficial do Glorioso, revelando que a jovem fica contratualmente ligada ao Glorioso por mais três temporadas, até junho de 2027.

"É um orgulho e uma grande responsabilidade para mim, poder representar o Benfica nestes patamares. Só tenho de agradecer a confiança que o Clube está a depositar em mim, e quero retribuí-la dentro de campo dando sempre o meu máximo. Conquistar títulos e dar alegrias aos nossos adeptos, que é para isso que trabalhamos todos os dias", começou por dizer a número 6 das águias.

"Acho que cresci muito também como pessoa, o Benfica ensina-nos e dá-nos muitos valores necessários, não só para o futebol, para a nossa vida. Como atleta, sinto que evoluí muito, estou muito mais madura, tanto a nível físico como tático. Só tenho de agradecer a todos os treinadores e a todo o staff, a toda a gente envolvida no projeto do futebol feminino do Benfica, porque muito da minha evolução deve-se, sem dúvida, ao apoio que nos é dado no Benfica", continua sobre as suas próprias qualidades.

"Esta época [2023/24] foi muito positiva individual e coletivamente. É muito fácil chegar ao topo, mas difícil é mantermo-nos lá. É isso que pretendo, ser consistente, e na próxima época quero fazer ainda melhor. Continuar a escalar nos próximos três anos, e é para isso que trabalho, é essa alegria que quero dar aos adeptos, sempre", acrescentou.


A média deixou ainda uma promessa aos adeptos: "O nosso objetivo é fazer o melhor todos os anos, quebrar um recorde. Conseguimos o pleno e chegar aos quartos de final da Champions. Temos noção de que a responsabilidade é cada vez maior, mas isso é muito bom, porque nos faz evoluir individualmente e como equipa. Acho que para o ano [2024/25] vamos dar uma boa resposta".


"É muito importante o facto de termos um grupo bastante coeso e constante ao longo dos anos. Tal como o Benfica me fez evoluir como pessoa, na maturidade e na técnica, à maior parte das minhas colegas aconteceu o mesmo. Todas evoluíram. Somos as mesmas jogadoras, mas mais maduras e mais consistentes. Isso ajuda-nos a ter um bom desempenho fora de Portugal, é o que queremos fazer no próximo ano e surpreender uma vez mais. A responsabilidade é cada vez maior, e nós queremos atingir outros patamares e outras conquistas", terminou Andreia Faria.

Nesta temporada, Andreia Faria realizou 45 partidas: 21 na Liga BPI, 12 na Liga dos Campeões Feminina, seis na Taça de Portugal, duas na Taça da Liga e duas na Supertaça, totalizando 3.457 minutos. A média marcou ainda quatro golos e realizou nove assistências.



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Benfica não esquece os Benfiquistas mais pequenos no dia da criança
Clube

Benfica não esquece os Benfiquistas mais pequenos no dia da criança

 

Icon Comentário0
Benfica convoca dupla Assembleia Geral e já há data
Clube

Benfica convoca dupla Assembleia Geral e já há data

 

Icon Comentário0
Principais diferenças entre Direção encarnada e o Movimento 'Servir o Benfica' sobre a Revisão de Estatutos
Clube

Principais diferenças entre Direção encarnada e o Movimento 'Servir o Benfica' sobre a Revisão de Estatutos

 

Icon Comentário0