Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

RUI VITÓRIA 'APONTA O DEDO' A SIMEONE POR GESTÃO DE ANTIGO JOGADOR SEU NO BENFICA

Técnico bicampeão nacional pelas águias considera que o Atlético de Madrid foi um passo em falso para a carreira do atleta

Rui Vitória 'apontou o dedo' a Simeone por gestão de internacional luso
Rui Vitória 'apontou o dedo' a Simeone por gestão de internacional luso

  |

Icon Comentário0

O antigo treinador do Benfica, Rui Vitória, concedeu esta semana uma entrevista ao Flashscore.com, onde acabou por comentar a transferência milionária de João Félix do Benfica para o Atlético Madrid, deixando 'farpas' a Diego Simeone pela gestão do internacional português, considerando o clube da capital espanhola como 'incompatível' com as características do criativo que passou pela formação do Seixal.

"Eu reconheço uma enorme qualidade ao Atlético Madrid, assim como ao seu treinador, que está lá há tantos anos e tem feito um bom trabalho, mas tem um perfil de equipa que requer um perfil específico de jogador", começou por afirmar o recentemente selecionador egípcio. 


"Se o metermos muito longe da grande área contrária, obviamente que vai ser muito mais difícil porque não é um jogador de grandes transições, é um jogador que precisa de uma equipa que trabalhe a bola para que chegue a determinados momentos para que depois, nos espaços definidos e mais perto da área, venha tudo o que tem ao de cima. Foi o que aconteceu quando ele foi para o Barcelona, uma equipa que constrói bem o seu jogo, mete um conjunto de jogadores no último terço bem posicionados e o João é um deles. Se tiver que estar muito afastado da área, vai ter mais dificuldades", sustentou.


"Objetivamente: o Atlético Madrid é uma enorme equipa, o João é um enorme jogador, mas se calhar não era o momento e o casamento que devia ter acontecido. Era um casamento diferente. Olhando uma coisa e outra, com tanta especificidade que existe aqui, acho que não era o casamento perfeito que devia ter existido", considerou, por fim.

João Félix - avaliado em 30 milhões de euros - regista 34 encontros, onde soma nove golos e cinco assistências, ao serviço do Barcelona. Na passada época, enquanto jogador do Atlético de Madrid, alinhou em 20 partidas, tendo marcado cinco golos e concretizado três assistências.


No que toca ao seu percurso no Benfica, o atleta português reforçou as águias, em 2015/16, proveniente do Porto, onde fez parte da sua formação. Ao serviço dos encarnados, na equipa principal, o ponta-de-lança dos catalães somou 43 partidas, onde apontou 20 golos e concretizou oito assistências, sendo importante recordar que foi lançado por Rui Vitória nos A's das águias.


Futebol

Benfica tem problema antigo nos penáltis e Roger Schmidt só veio piorá-lo

Desaire frente ao Marselha vem de uma longa tendência de maus desempates por grandes penalidades

Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica
Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica

  |

Icon Comentário0

A eliminação do Benfica dos quartos de final da Liga Europa às mãos do Marselha vem a descrever uma clara tendência de insucesso das águias no desempate por grandes penalidades. A derrota veio piorar um historial que já não era o melhor e já é o terceiro desaire da era Schmidt neste tipo de desempate.

Pela sexta vez na sua gloriosa história, o Benfica disputou um desempate por grandes penalidades nas competições europeias. O registo passou a ser de duas vitórias e quatro derrotas, com o último insucesso a ser a inesquecível derrota com o Sevilha na final da Liga Europa em 2013/14 por 2-4 nos penaltis (0-0 aos 120').

O balanço da era Roger Schmidt também é negativo. Desde que chegou, o alemão começou bem com uma vitória diante do Caldas, na Taça. A partir daí o Benfica foi eliminado pelo Braga, também na prova rainha e esta época pelo Estoril na Allianz Cup e agora pelo Marselha na Liga Europa.

Além disso, esta acabou por ser a terceira época consecutiva em que as águias caíram nos quartos-de-final de uma competição europeia, depois de tal ter sucedido contra o Inter (2022/23) e Liverpool (em 2021/22), ambas na Liga dos Campeões.


Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo. 



Futebol

Ex Benfica: Grimaldo bate recorde com o Bayer Leverkusen para mais jogos sem perder

Lateral-esquerdo espanhol vê grande temporada dos farmacêuticos coroada com registo impressionante

Leverkusen bate recorde de jogos sem perder
Leverkusen bate recorde de jogos sem perder

  |

Icon Comentário0

O antigo lateral-esquerdo do Benfica, Alejandro Grimaldo, que venceu a Bundesliga com o Bayer Leverkusen, viu a sua equipa tornar-se no conjunto das quarto principais ligas europeias com mais jogos consecutivos sem perder, com 44 encontros, ultrapassando registo de 43 jogos da Juventus, que recua aos anos entre 2011 e 2012.

Os farmacêuticos entraram em campo na quinta-feira, dia 18 de abril, para discutir com o West Ham a passagem às meias-finais da Liga Europa. Depois de terem vencido por 2-0 na Alemanha, Xabi Alonso resgatou um empate a uma bola em cima do minuto 90, através de Jeremie Frimpong.


O conjunto inglês chegou à vantagem no marcador por Michail Antonio, logo ao minuto 13, voltando à discussão da eliminatória. Contudo, Xabi Alonso recorreu ao banco de suplentes e colocou o lateral neerlandês ao intervalo, conseguindo o empate perto do fim do jogo. Agora, o Bayer Leverkusen prepara-se para enfrentar o Roma nas meias-finais.


Alejandro Grimaldo - avaliado em 45 milhões de euros, pelo portal Transfermarkt - está em grande destaque na presente temporada, registando 43 partidas, somando 11 golos e 16 assistências, números individuais que o levam a ter enorme evidência no plantel do Bayer Leverkusen, que está cada vez mais perto de se sagrar campeão da Bundesliga.

Pelo Benfica, o agora internacional espanhol envergou o Manto Sagrado em qualquer coisa como 303 encontros, nos quais apontou 27 tiros certeiros. Além disso constam do seu palmarés quatro Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e três Supertaças Cândido de Oliveira.



Futebol

Há novidades sobre presença do Benfica (e Porto) no Mundial de Clubes

Clube da Luz já tem presença assegurada numa competição com novo formato e que terá lugar no verão de 2025

Benfica e Porto ficam a saber que podem defrontar o Atlético de Madrid
Benfica e Porto ficam a saber que podem defrontar o Atlético de Madrid

  |

Icon Comentário0

O Benfica ficou a saber, na noite da passada terça-feira, que o Atlético de Madrid também estará no Mundial de Clubes. A eliminação do Barcelona nos quartos de final da Liga dos Campeões, diante do PSG, garantiu a presença dos colchoneros na prova em questão, isto apesar de também eles terem caído aos pés do Dortmund.

Os catalães já sabiam que, caso fossem eliminados pelos parisienses, ‘entregariam’ a vaga ao Atlético de Madrid, independentemente do resultado que a turma de Diego Simeone viesse a fazer. Caso ambos os emblemas espanhóis passassem, quem vencesse nas meias finais teria lugar no Mundial de Clubes.


Manchester City, Real Madrid, Chelsea, Bayern, PSG, Inter, Juventus e Borussia Dortmund, bem como Benfica e Porto, conhecem então o penúltimo emblema qualificado pelo velho Continente, restando agora conhecer a 12.ª e última vaga europeia, que será dada ao vencedor da Liga dos Campeões.


No que diz respeito a outros continentes, a Ásia (AFC) colocará quatro equipas, tal como África (CAF) e formações oriundas da América do Norte, América Central e Caraíbas (CONCACAF). A América do Sul colocará seis equipas e a Oceânia terá direito a uma vaga. A última vaga será atribuída ao país anfitrião (Estados Unidos da América).

Para lá das equipas já mencionadas, o Benfica poderá então defrontar o Al Hilal de Jorge Jesus, bem como Al Ahly, Wydad Casablanca, Urawa Red Diamonds, Monterrey, Seattle Sounders, Club Léon, Auckland, Palmeiras, Flamengo e Fluminense. O Mundial de Clubes joga-se no verão de 2025, de 15 de junho a 13 de julho, sendo que as 32 equipas qualificadas serão divididas por oito grupos de quatro, com as duas primeiras a seguirem para os oitavos de final.


Confira o ambiente arrepiante do Estádio da Luz:


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época
Futebol

Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época

 

Icon Comentário0
Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado
Futebol

Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado

 

Icon Comentário0
Pau López defende penálti no Marselha-Benfica e ainda assume fraquezas: "Não sou bom"
Futebol

Pau López defende penálti no Marselha-Benfica e ainda assume fraquezas: "Não sou bom"

 

Icon Comentário0