Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

MÃE DE SAMUEL SOARES REAGE À CONVOCAÇÃO DO GUARDIÃO DO BENFICA: "ORGULHOSA, MAS FICO TRISTE..."

Guarda-redes dos encarnados foi chamado à equipa de Roberto Martínez para render Diogo Costa, que contraiu lesão

Samuel Soares
Samuel Soares

  |

Icon Comentário0

O guarda-redes do Benfica, Samuel Soares, foi convocado para estar ao serviço da Seleção de Portugal, devido a uma lesão contraída por Diogo Costa, que vai afastar o guardião do Porto das sessões de trabalho. O camisola 24 do Clube da Luz estava às ordens da equipa de sub-21, mas acabou por ser o guarda-redes escolhido por Roberto Martínez para render o número um dos dragões.

Tercínia, mãe do guardião dos encarnados revelou ao Record o momento da convocatória do filho para a seleção principal portuguesa. "Fiquei muito emocionada e, acima de tudo, orgulhosa", contou, acrescentado: "Ele estava no Algarve [onde se concentrava com os sub-21] quando me avisou e falou da lesão do Diogo Costa. Fico triste com isso, não o desejo a ninguém. Para o meu filho é uma oportunidade. Para quem o acompanha em todos os momentos, também nas fases más, é muito bom ficar a saber da convocatória", frisou. 


"Nunca pensámos vê-lo neste patamar. Mas é um menino que mantém os pés assentes, vai conforme as coisas vão surgindo. Uma coisa de cada vez; cada coisa a seu tempo. Não cria demasiadas expectativas e só pensa em mostrar trabalho. Criar ambições desmedidas é o pior erro que se pode cometer", refletiu ainda.


Sobre a atual temporada do filho no Benfica, Tercínia mostra-se satisfeita, relembrando que Samuel Soares chegou a ser o titular de Roger Schmidt após a saída de Odysseas Vlachodimos, mas acabou por sentar no banco com a afirmação de Anatoliy Trubin. "Penso que está a correr bem. Tem de trabalhar, sem se preocupar em tirar o lugar a ninguém", atirou.

Nesta temporada, Samuel Soares - avaliado em 3 milhões de euros - alinhou em 20 partidas pela equipa B do Glorioso. Às ordens de Roger Schmidt realizou quatro partidas, onde sofreu três golos e venceu todos os jogos, três na Liga Portuguesa e um na Taça de Portugal.



Futebol

Quatro meses de diferença e cinco mudanças no onze para o duelo entre Benfica e Farense

As águias viajam até ao Algarve, na segunda-feira, dia 22 de abril, para defrontar o conjunto de Faro

Equipa
Equipa

  |

Icon Comentário0

O Benfica e o Farense enfrentaram-se pela última vez há quatro meses, numa partida que terminou com igualdade a uma bola, no Estádio da Luz. Agora, na segunda volta da Liga Portugal, os algarvios vão entrar em campo com cinco alterações (no mínimo) relativamente ao onze utilizado na Catedral.

O técnico José Mota não conta com os recém castigados Mattheus Oliveira e Bruno Duarte, que viram o quinto amarelo diante do Vitória de Guimarães e são baixas de peso nos leões do Algarve. Existem ainda os lesionados Zach Muscat, Talocha e Vítor Gonçalves, que foram todos titulares no Estádio da Luz.


Confira a equipa utilizada por José Mota a oito de dezembro de 2023: Ricardo Velho; Pastor, Zach Muscat, Gonçalo Silva e Talocha; Cláudio Falcão, Vítor Gonçalves e Mohamed Belloumi; Mattheus Oliveira, Marco Matias e Bruno Duarte.


O possível onze utilizado pelo Farense na segunda volta será: Ricardo Velho; Pastor, Igor Rossi, Gonçalo Silva e Talys Oliveira; Cláudio Falcão, Facundo Cáseres e Rafael Barbosa; Mohamed Belloumi, Marco Matias e Zé Luís.

Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo.



Futebol

Benfica tem problema antigo nos penáltis e Roger Schmidt só veio piorá-lo

Desaire frente ao Marselha vem de uma longa tendência de maus desempates por grandes penalidades

Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica
Roger Schmidt está 1-3 em desempates por grandes penalidades no Benfica

  |

Icon Comentário0

A eliminação do Benfica dos quartos de final da Liga Europa às mãos do Marselha vem a descrever uma clara tendência de insucesso das águias no desempate por grandes penalidades. A derrota veio piorar um historial que já não era o melhor e já é o terceiro desaire da era Schmidt neste tipo de desempate.

Pela sexta vez na sua gloriosa história, o Benfica disputou um desempate por grandes penalidades nas competições europeias. O registo passou a ser de duas vitórias e quatro derrotas, com o último insucesso a ser a inesquecível derrota com o Sevilha na final da Liga Europa em 2013/14 por 2-4 nos penaltis (0-0 aos 120').

O balanço da era Roger Schmidt também é negativo. Desde que chegou, o alemão começou bem com uma vitória diante do Caldas, na Taça. A partir daí o Benfica foi eliminado pelo Braga, também na prova rainha e esta época pelo Estoril na Allianz Cup e agora pelo Marselha na Liga Europa.

Além disso, esta acabou por ser a terceira época consecutiva em que as águias caíram nos quartos-de-final de uma competição europeia, depois de tal ter sucedido contra o Inter (2022/23) e Liverpool (em 2021/22), ambas na Liga dos Campeões.


Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo. 



Futebol

Pau López defende penálti no Marselha-Benfica e ainda assume fraquezas: "Não sou bom"

Guarda-redes espanhol do conjunto francês mostrou ser muito sóbrio em relação às próprias qualidades

Pau López afirma que é mau a defender penalidades
Pau López afirma que é mau a defender penalidades

  |

Icon Comentário0

A derrota do Benfica em Marselha fica diretamente ligada ao falhanço de Ángel Di María na cobrança da grande penalidade e à defesa de Pau López ao penálti de António Silva. Todavia, na zona de entrevistas rápidas, o guarda-redes espanhol assumiu que a defender remates de castigos máximos não é o seu forte.

"A verdade é que não sou muito bom em penáltis. Falámos esta manhã [ontem] e o Ruben teve a ideia de mudar um pouco as coisas e decidir antes do jogo para onde me atirar, assim não tive de pensar nisso durante o jogo. E, desta vez, fizemos 4 em 4 mergulhos para o lado certo", começou por dizer revelando uma conversa com Ruben Blanco, o guarda-redes suplente.


"Conheço os meus pontos fortes e fracos. Aceito isso e estou a tentar melhorar. Hoje, fizemos as coisas de forma diferente e funcionou. Estou feliz", terminou o camisola 16 do conjunto francês, que vai na terceira temporada ao serviço dos olympiens.


Além das duas grandes penalidades, Pau López realizou uma tremenda prestação individual, evitando o golo encarnado por diversas ocasiões. O guarda-redes espanhol terminou a partida com cinco defesas a remates feitos dentro da grande área e uma percentagem de passe de 75% (38/51).

Nesta temporada, Pau López - avaliado em 10 milhões de euros - segue com 41 partidas realizadas, onde sofreu a totalidade de 51 golos e 11 partidas sem tentos sofridos. Na época transata, disputou 42 jogos e fez dois passes para golo.



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Ex Benfica: Grimaldo bate recorde com o Bayer Leverkusen para mais jogos sem perder
Futebol

Ex Benfica: Grimaldo bate recorde com o Bayer Leverkusen para mais jogos sem perder

 

Icon Comentário0
Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época
Futebol

Depois de Jorge Jesus, existe mais um ex Benfica a bater recorde de resultados esta época

 

Icon Comentário0
Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado
Futebol

Roger Schmidt devia ficar no Benfica? Famoso jornalista vem em defesa do treinador encarnado

 

Icon Comentário0