Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Clube

NOVO SEIXAL FICA A 10 MINUTOS DO ESTÁDIO DA LUZ; TERRENOS JÁ ESCOLHIDOS PARA O SONHO DE RUI COSTA

A nova Cidade Benfica ficará a norte de Lisboa, entre a IC19 e o mar. Exclusivo Glorioso 1904

Seixal
Seixal

  |

Icon Comentário0

Já há terrenos para o sonho de Rui Costa. A Cidade Benfica será construída a norte de Lisboa, a cerca de 10 minutos, sem trânsito, do Estádio da Luz. Segundo o Glorioso 1904 apurou, o local de construção pensado para este novo projeto situa-se à esquerda da IC19, para quem vai de Lisboa para Sintra, entre o Hospital Amadora-Sintra e o empreendimento de luxo Sky City.

O objetivo deste autêntico novo Seixal é dar “casa” às modalidades que andam com ela “às costas” e por outro lado atrair talento em idade muito precoce numa região densamente povoada, e que a distância do Seixal exclui. A obra custará muitos milhões de euros (Ler AQUI), mas Rui Costa e a sua direção entendem que é estruturante para o crescimento do Clube e para aquilo que o Benfica quer ser.


Fonte próxima do processo diz que o antigo maestro “quer deixar a sua marca no Clube através da Cidade Benfica. Será uma obra de regime”.


O Presidente do Benfica não falou muita vez em público deste projeto, mas à BTV já este ano deixou escapar que “o que estamos a tentar finalizar é (…) um espaço maior do que tínhamos inicialmente pensado para albergar o Benfica inteiro”.

Benfica na dianteira

A Cidade Benfica colocará os encarnados na dianteira dos clubes nacionais em condições de treino, instalações, tecnologia e recursos humanos, garantindo o seu ecletismo, que terá de ser baseado na formação. É, pelo menos esta, a visão da Direção.

Além do mais, o Clube da Luz quer que a formação seja a base das modalidades, com a diminuição dos custos na contratação de atletas estrangeiros. E para tal, entende precisar de condições logísticas que ainda não possui.

Um grande obstáculo ao desenvolvimento dos jovens nos escalões de formação tem também a ver com a distância a que fica o Seixal da região norte de Lisboa. É incomportável tanto em tempo como financeiramente para a maioria desses pais transportar os filhos das suas casas para o Seixal numa base quase diária. O que resulta, inevitavelmente, na perda de muito talento para outros clubes e, na maioria dos casos, miúdos que acabam mesmo por desistir do futebol, diminuindo a base de recrutamento.

Projeto no papel e muita aprovação

O Benfica quer que 2023 seja o ano que marca o início do novo Seixal. Além de a compra dos terrenos, há toda uma preparação de estudos técnicos, projeto de arquitetura, submissão de pedidos à Câmara, licenciamentos, que a Direção quer ver em andamento já nos próximos anos.


Clube

Pedro Brinca, conhecido adepto do Benfica, aponta dedo a braço direito de Pedro Proença: “Surreal”

Comentador do Glorioso 1904 sem meias palavras para classificar atuação da Liga Portugal

Pedro Brinca deixou duras críticas a alto responsável da Liga Portugal, liderada por Pedro Proença
Pedro Brinca deixou duras críticas a alto responsável da Liga Portugal, liderada por Pedro Proença

  |

Icon Comentário0

Pedro Brinca considera surreal a entrevista que Rui Caeiro, antigo alto responsável do Sporting e atual diretor executivo da Liga Portugal, sobre o processo de centralização dos direitos televisivos.

“A semana passada assisti a uma das entrevistas mais surreais que já vi até hoje. O tema? Ponto do processo da comercialização centralizada dos direitos audiovisuais da Primeira e Segunda Liga a partir de 2027/28. O protagonista? Rui Caeiro, diretor executivo da LPFP, entrevistado pelo Negócios-Record”, começa por referir Pedro Brinca.


“Em que ponto é que está neste momento o processo? Não responde. Há alguma hipótese de acontecer antes de 2028/29? É uma ambição da Liga? Não responde. Consegue garantir que nenhum clube vai perder dinheiro? Não responde. Quanto é que valem os direitos da liga centralizados? Consegue dar-me um número? Não responde, apesar de em abono da verdade, dizer que valem mais do que o valor atual. Mas mal seria, só em termos de inflação, estamos a falar já cerca de 25% relativamente a 2015”, atira o conhecido adepto do Benfica.


“Porque comparamos Portugal com os big-five? Não responde. Tem alguma proposta em mãos pelos direitos televisivos? Não responde. Há alguma entidade que tenha dito "eu pago 300 milhões de euros por ano pelos jogos de futebol?" Não responde. Quem são os players que estão interessados? Não responde”, atira o economista.

“Há concordância dos clubes em fazer este processo o mais depressa possível. Tem interessados em comprar pelos valores que a Liga estabeleceu como mínimos? Porque não está fechado ainda? Não responde. Ver todo o futebol em Portugal custa 50 euros. Quantas famílias conseguem pagar isto? Não responde. Não o preocupa que as três principais operadoras sejam também elas detentoras do canal que é dono dos direitos de quase todos os jogos de todos os clubes? Isto não é concentração a mais? Não responde”, refere o comentador do Glorioso 1904.


“Referiu três pilares fundamentais para o processo, sendo que dois estarão perto da conclusão: um regulamento de controlo económico, um regulamento de audiovisuais, e um controlo de investimento em infraestruturas. Mas o que eu gostaria de saber é porque é que é precisa a negociação centralizada para os fazer. Se os regulamentos referidos são algo que os clubes querem, podem ser aprovados já em assembleia geral da Liga. Porque estão à espera de 2027/28? Por outro lado, se for algo que os clubes não querem e lhes seja imposto, em assembleia geral podem perfeitamente destituir a direção e eleger uma que reponha os regulamentos que desejam. Com negociação centralizada ou não”, afirma Pedro Brinca.

“A frase mais repetida de toda a entrevista foi que a Liga está empenhada em fazer o processo da negociação centralizada bem feito. Ok, ainda bem. Pelo menos já sabemos que estão empenhados e que estão empenhados em fazer bem”, finaliza o conhecido adepto do Benfica.


Clube

Benfica divulga ordem de trabalhos e horário de dupla Assembleia Geral

Sócios dos encarnados vão ter reunião magna, que promete ser bastante animada

Benfica divulgou horário de dupla Assembleia Geral, que se realiza no próximo dia 15 de junho
Benfica divulgou horário de dupla Assembleia Geral, que se realiza no próximo dia 15 de junho

  |

Icon Comentário0

Já são conhecidos os horários e a ordem de trabalhos para as Assembleias Gerais do Benfica. Os sócios do Clube da Luz estão convocados para duas AG's que se realizam no dia 15 de junho, sendo que uma será de manhã e outra à tarde. Neste período, vai ser abordado a Revisão dos Estatutos e a votação do Orçamento do Clube para a próxima temporada

Primeiro, para as 10h30, no pavilhão n.º 2, está marcada a AG para "apresentação, discussão e votação da proposta de metodologia para discussão e votação das propostas de alteração dos Estatutos do Sport Lisboa e Benfica". Depois disso serão admitidas as propostas de alteração. Ao dia de hoje, são conhecidas apenas as propostas da Direção e do movimento 'Servir o Benfica'.


Já para as 15h00, no mesmo local, foi convocada a AG ordinária. Começará com a "aprovação das atas", seguindo-se a discussão e do "orçamento ordinário de exploração, o orçamento de investimentos e o plano de atividades, elaborados pela Direcção para o exercício de 2024/2025".


As reuniões magnas serviram ainda para os adeptos tecerem várias questões diretamente a Rui Costa, depois de uma época que ficou marcada pelo descontentamento devido aos fracos resultados desportivos da equipa masculina de futebol sénior. A equipa comandada por Roger Schmidt terminou a temporada no segundo lugar a 10 pontos do campeão Sporting. 



Clube

BENFICA INVESTE 30 MILHÕES EM NOVO SEIXAL – EXCLUSIVO GLORIOSO 1904

Clube tem de abrir cordões à bolsa para por de pé sonho de Rui Costa. Cidade Benfica custará mais caro do que o Campus do Seixal

Benfica Campus redes
Benfica Campus redes

  |

Icon Comentário0

O Clube da Luz vai investir mais de 30 milhões de euros no novo Seixal. A Cidade Benfica, que ficará situada entre o Hospital Amadora-Sintra e o condomínio de luxo Sky City (Ler AQUI), será bem mais cara do que o investimento inicial no Benfica Campus.

O Glorioso 1904 apurou junto de fonte próxima do processo que “o investimento irá superar o do Seixal, na medida que há uma atualização de preços grande face a 2022, tanto no valor dos terrenos como no da construção das infraestruturas“. Face ao Campus do Seixal, a Cidade Benfica, que é um sonho de Rui Costa, terá uma diferença substancial no custo de aquisição dos terrenos, muito superior neste novo projeto.


Recorde-se que o Benfica investiu cerca de 15 milhões até 2006, ano em que inaugurou o seu centro de treinos. Posteriormente, o Clube continuou a investir e a expandir o seu espaço no Seixal, com novos campos, aumento da capacidade de espetadores, e também a melhoria e expansão das suas infraestruturas.


Esta nova cidade desportiva será complementar ao Estádio da Luz e ao Benfica Campus no Seixal, e concentrará as muitas modalidades do Clube num único espaço, desde a formação aos seniores. O objetivo do novo empreendimento é albergar todas as modalidades que andam com a “casa às costas”, além de atrair talento em idade precoce na região a norte de Lisboa. Daí que Rui Costa entenda que este investimento é estruturante para o crescimento do Benfica.

Benfica Campus já conta com 19 hectares

Com uma área total de 19 hectares, o Benfica Campus conta atualmente com nove campos relvados, seis de relva natural e três de relva sintética. O campo número 1 tem lugar para 2.600 espetadores. Existem ainda dois ginásios, 28 balneários, salas de fisioterapia, auditórios, 55 gabinetes de trabalho, lounges, refeitórios e tudo o que é necessário para as equipas profissionais e de formação do Benfica.

Fotografia de Benfica


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Benfica não esquece os Benfiquistas mais pequenos no dia da criança
Clube

Benfica não esquece os Benfiquistas mais pequenos no dia da criança

 

Icon Comentário0
Benfica convoca dupla Assembleia Geral e já há data
Clube

Benfica convoca dupla Assembleia Geral e já há data

 

Icon Comentário0
Principais diferenças entre Direção encarnada e o Movimento 'Servir o Benfica' sobre a Revisão de Estatutos
Clube

Principais diferenças entre Direção encarnada e o Movimento 'Servir o Benfica' sobre a Revisão de Estatutos

 

Icon Comentário0