Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

ANTÓNIO SIMÕES 'MAGOADO' COM RESULTADO DO CLÁSSICO! CAMPEÃO EUROPEU PELO BENFICA ANALISA DERROTA E TERMINA COM... SCHMIDT

Clube da Luz foi derrotado por 5-0, no Estádio do Dragão, no passado domingo, dia 3 de março

Águia
Águia

  |

Icon Comentário0

A derrota do Benfica frente ao Porto, por 5-0, tem gerado vários comentários de antigas caras do Clube da Luz e António Simões não foi diferente. O campeão europeu pelas águias mostrou-se muito triste com o resultado e questionou a permanência de Roger Schmidt como técnico, em declarações prestadas ao Record, esta segunda-feira, dia 4 de março.

"É uma derrota que dói e que fere o orgulho de todos os benfiquistas e até toda a sua grandeza. Tendo em conta o momento do FC Porto pensava que o Benfica teria possibilidade de vencer. O FC Porto estava instável e agora passou a estar estável. Pelo contrário, o Benfica estava estável e agora passou a estar instável", começou por dizer, numa análise geral ao Clássico.

"Há resultados que magoam mais que os outros e este pode ter uma ação psicológica em todo o plantel que pode originar desorientação porque se está a enfiar num buraco. É um momento de reflexão e de aproximação. Não é para ter razão, mas para ter a solução. Quem tem experiência tem de falar. É preciso liderança e competência. O estatuto não chega", fundamentou o campeão europeu.

António Simões segue questionando as decisões de Schmidt: "O  Benfica tem de jogar com um homem na frente. É uma boa ideia. Qual deles melhor se enquadra naquilo que o treinador pretende é uma coisa. Não há falta de pontas de lança. Roger Schmidt tem toda a legitimidade para meter quem quiser e escolher quais são as melhores opções. Mas essa é uma questão em relação à qual as pessoas se interrogam. Trouxe dúvidas e desconfiança".

"É uma decisão que cabe ao clube tomar. O Benfica é um clube do 8 ao 80, logo, pega-se pela parte mais frágil, que é treinador. Despedi-lo tem encargos substanciais e é preciso ter isso em conta. Mas se achamos que não nos serve temos de tomar uma atitude. Olhando de fora, existe o sentimento de que há cansaço na relação entre jogadores e treinador", termina sobre a situação de Schmidt como técnico do Glorioso.

António Simões representou o Glorioso entre 1961 e 1975, período no qual conquistou dez Campeonatos Nacionais, quatro Taças de Portugal e uma Taça dos Campeões Europeus, sendo ainda hoje o jogador mais jovem de sempre a conquistar a Liga dos Campeões (na altura chamada Taça dos Campeões Europeus).



Futebol

Medidas de segurança em Marselha colocam adeptos do Benfica 'entre a espada e parede'

Forças de autoridade não serão brandas se existirem desrespeitos às regras impostas

Medidas de segurança no Marselha-Benfica
Medidas de segurança no Marselha-Benfica

  |

Icon Comentário0

A prefeitura da polícia de Bouches-du-Rhône reforçou as medidas de segurança previstas, tendo em conta a deslocação dos adeptos do Benfica. Os números oficiais afirmam que estarão 1600 Benfiquistas em Marselha, mas as forças de segurança apontam para cerca de 3500. Caso desejem entrar no Vélodrome, os adeptos terão de seguir à risca o plano das autoridades.

Na passada quarta-feira, dia 17 de abril, foram vários os adeptos do Benfica que foram avistados na cidade francesa, que já se começa a pintar de vermelho e branco. Todavia, a polícia proibiu a utilização de quaisquer adereços, bandeiras ou faixas alusivas ao Clube da Luz.


"O objetivo é evitar qualquer perturbação da ordem pública no centro da cidade ou nas proximidades do estádio e garantir que a única adversidade existente seja aquela que é jogada no terreno", afirmou a polícia de Bouches-du-Rhône, que vai colocar 1000 agentes no local.


Posto isto, os adeptos são permitidos a recolher os bilhetes no local enunciado, na Place de la Jolliette, entre as 11h00 e as 18h00. Será a partir deste mesmo ponto que a deslocação dos adeptos vai começar, depois da reunião estar marcada para as 15h00. Neste local será permitido a utilização de adereços.

A turma de Roger Schmidt entra em campo neste dia 18 de abril, quinta-feira, para defrontar o Marselha. Os encarnados vão disputar o duelo a valer para a segunda mão dos quartos de final da Liga Europa, no Vélodrome, o reduto dos franceses. Recorde-se que as águias estão em vantagem na eliminatória depois de terem vencido por 2-1, no Estádio da Luz. O pontapé de saída está agendado para as 20h00.



Futebol

Confiança a mais? José Mota não prepara qualquer mudança no Farense para receber o Benfica

Algarvios preparam-se para alinhar no seu habitual sistema, que utilizaram durante toda a temporada

Farense sem alterações táticas
Farense sem alterações táticas

  |

Icon Comentário0

A próxima jornada da Liga Portugal dar-nos-à a visita do Benfica ao Algarve e à casa do Farense, que não prepara quaisquer alterações à sua ideia de jogo para receber as águias, pois José Mota quer continuar a alinhar no seu sistema preferido, o 4x3x3.  A informação é avançada pelo jornal Record, esta quinta-feira, dia 18 de abril.

O Farense realizou quase toda a temporada com esse sistema, inclusive jogos diante dos grandes, e a jogar em casa, no Estádio de São Luís, não irá mudar a sua personalidade por defrontar as águias, apesar da necessidade de somar pontos para fugir à linha da despromoção, estando atualmente a quatro pontos de diferença.

A principal dúvida tática na equipa de José Mota será o desenho no centro do terreno. Apesar da preferência pelo 4x3x3, o técnico português tem invertido o triângulo do meio-campo tendo em conta o adversário que enfrenta. Nesse sentido, o Farense deverá jogar com dois médios mais defensivos, tendo um atleta mais solto na frente da dupla para criação de jogo.


De destacar que, o Benfica vai medir forças com o Farense, deslocando-se até ao reduto da turma do Algarve. O embate, que será disputado no Estádio de São Luís, vai contar para a 30.ª jornada da Liga Portugal Betclic, estando marcado para as 20h15, da próxima segunda-feira, dia 22 de abril.


Antes disso, a turma de Roger Schmidt volta a entrar em campo neste dia 18 de abril, quinta-feira, para defrontar o Marselha. Os encarnados vão disputar o duelo a valer para a segunda mão dos quartos de final da Liga Europa, que vai ser disputado no reduto dos franceses. Recorde-se que as águias estão em vantagem na eliminatória depois de terem vencido por 2-1, no Estádio da Luz. O pontapé de saída está agendado para as 20h00.



Futebol

António Simões e a história de como o 25 de Abril e o Benfica vieram salvar Eusébio da 'escravatura'

Extremo das águias nas décadas de 60 e 70 conta história sobre como mudaram os direitos dos futebolistas

Eusébio foi o jogador mais prejudicado pela lei da opção
Eusébio foi o jogador mais prejudicado pela lei da opção

  |

Icon Comentário0

Antes de 1972, Portugal já era conhecido pelo fado e pelo futebol e já o povo adorava o jogo mas havia pouca noção sobre os direitos dos jogadores. António Simões, na altura jogador do Benfica, foi um dos principais responsáveis pelo fim da lei da opção, que marcou a viragem para ele e todos os outros atletas do desporto na altura. Eusébio foi, contudo, o mais prejudicado

Em nova entrevista ao jornal Record, António Simões, agora com 80 anos, descreve a realidade que ainda viveu enquanto jogador: “Para os mais novos perceberem, os clubes tinham direito absoluto sobre os jogadores, era como se fossemos propriedade deles e não tínhamos qualquer direito” começou por explicar. 

“Um jogador só podia mudar se o clube prescindisse dele, caso contrário nunca podia sair. Se o contrato estava perto de terminar, o clube exercia opção para mais duas ou três épocas e o jogador continuava lá, sem hipótese de sair.” recorda o antigo internacional português que foi apenas um dos prejudicados pelo antigo regime. 


Grande amigo de Eusébio, relembra com o Pantera Negra foi prejudicado pela lei: "O Eusébio foi prejudicado pela Lei de opção. Depois do Mundial de 66 todos tivemos convites para o estrangeiro e o dele foi o mais conhecido. O Inter fez uma proposta astronómica, um milhão de contos, algo nunca visto. Ele foi com a Flora [mulher de Eusébio] a Milão, estiveram com o presidente Moratti, o pai, e depois o Benfica não o deixou sair. Se deixasse, os dirigentes teriam de se fechar na sede pois os adeptos não aceitariam a venda do melhor jogador”. 


O ex extremo encarnado iniciou a luta pelos direitos dos futebolistas. “O Boca Juniors queria levar-me, os dirigentes argentinos chegaram a fazer uma proposta e o Benfica nem os recebeu. Essa situação foi o estimulo para a minha luta. Durante 5 anos, desde 1967 até 72, não parei ate conseguir mudar as coisas. Com a criação do Sindicato, que foi apenas o terceiro a existir no país, conseguimos acabar com a Lei de opção e depois do 25 de Abril houve a liberdade total" conclui. 


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Paradoxo de Schmidt! Técnico adversário não produz quaisquer alterações táticas para receber o Benfica
Futebol

Paradoxo de Schmidt! Técnico adversário não produz quaisquer alterações táticas para receber o Benfica

 

Icon Comentário0
Benfica (e Porto) conhece todos os adversários europeus do Mundial de Clubes
Futebol

Benfica (e Porto) conhece todos os adversários europeus do Mundial de Clubes

 

Icon Comentário0
Ex Benfica: Rúben Dias 'vai à loucura' após eliminação da Liga dos Campeões: "Difícil de aceitar"
Futebol

Ex Benfica: Rúben Dias 'vai à loucura' após eliminação da Liga dos Campeões: "Difícil de aceitar"

 

Icon Comentário0