Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Hóquei em patins

DESTA VEZ, QUEM FICOU A VER NAVIOS FOI O BENFICA; SPORTING DEIXA ÁGUIAS DE FORA DA TAÇA DE PORTUGAL

Encarnados não conseguiram ser felizes no reduto adversário

Glorioso 1904
Glorioso 1904

  |

Icon Comentário0

A equipa de hóquei em patins do Benfica deslocou-se, este domingo, dia 19 de fevereiro, ao Pavilhão João Rocha e perdeu, por 5-1, com o Sporting, em jogo que contou para os oitavos-de-final da Taça de Portugal. Confira AQUI como decorreu a partida.


Pelas águias marcaram Gonçalo Pinto (30’), enquanto que pelos leões atiraram à baliza Toni Pérez (6’), Nolito (15’, 44’), João Souto (17’) e João Almeida (49’).


A partida começou com o Sporting a marcar de forma madrugadora. De seguida, Nicolía desperdiçou uma grande penalidade a favor do Glorioso e o jogo continuou bem disputado, apesar dos leões se superiorizarem e converterem uma grande penalidade, consumando o 2-0.


João Souto ainda conseguiu aumentar a vantagem, com o Benfica a demonstrar dificuldades e a sair mal no contra ataque. Ao intervalo o marcador assinalava 3-0 para a formação de Alejandro Domínguez.

O Benfica voltou do tempo de descanso a ‘carregar’ forte e feio nos leões, que foram defendendo com qualidade e gerindo a diferença de golos. Gonçalo Pinto apontou à baliza após uma excelente assistência de Nicolía e algum tempo depois, Álvarez beneficiou de livre direto. No entanto, o juiz da partida não concedeu golo às águias, por não ter ficado claro se a bola tinha ou não passado a linha de golo.


O Sporting ainda marcou o quatro golo, Pedro Henriques evitou o quinto tento, mas a equipa da casa converteu um livre direto, a alguns segundos do fim, e o jogo terminou 5-1, com as águias de fora da Taça de Portugal da modalidade.

A formação de Nuno Resende volta a ir a jogo na próxima quinta-feira, dia 23 de fevereiro, no Pavilhão Dr. Salvador Machado, onde irá defrontar a Oliveirense, pelas 20h00, em jogo a contar para a fase de grupos da WSE Champions League da modalidade, onde o Glorioso se integra no grupo A.

https://twitter.com/modalidadesslb/status/1627349046611386369


Modalidades

Fernando Tavares não foge à polémica! Vice-presidente do Benfica acusa Federação: "Perseguição"

Dirigente do Glorioso não teve papas na língua, defendendo o Clube da Luz

Fernando Tavares, dirigente do Benfica, não teve papas na língua, defendendo o Clube da Luz, após a conquista da Taça de Portugal
Fernando Tavares, dirigente do Benfica, não teve papas na língua, defendendo o Clube da Luz, após a conquista da Taça de Portugal

  |

Icon Comentário0

Depois da equipa de hóquei em patins do Benfica ter conquistado a 10.ª Taça de Portugal, ao bater a APAC Tojal, por 3-2 (Recorde AQUI como decorreu a partida), Fernando Tavares, vice-presidente do Glorioso, em declarações à BTV, 'arrasou' as escolhas de Hélder Antunes, selecionador nacional, que deixou de fora três atletas emblemáticas das águias. 


"Em 11 anos, a única Taça que perdemos até foi aqui para a Marlene [quando representava a Sanjoanense]. Recuando no tempo, não ficamos muito tristes por ter sido a Marlene a conquistar essa Taça porque nós no Benfica, ao contrário do selecionador nacional, gostamos muito da Marlene. Achamos que a última convocatória para o Campeonato do Mundo é difícil de explicar e é absolutamente inqualificável. O Benfica não consegue encontrar nenhum critério lógico e objetivo para explicar a exclusão de jogadoras como a Marlene, a Sofia, a Bia ou a Maria Vieira", começou por mencionar. 



Fernando Tavares destacou a ausência de Marlene Sousa, que foi a melhor marcadora do Campeonato Nacional: "É a melhor jogadora portuguesa e encaixa em qualquer equipa do Mundo. Estamos perante uma atleta exemplar para o desporto em Portugal. Renovação? A Marlene tem ainda muito para dar ao hóquei português. Como é que a Marlene se compara com as outras sendo a melhor? Critério pessoal? A Marlene não abdicou da seleção".


"A Federação, no seu comunicado, refere que as escolhas do selecionador têm de ser respeitadas. Concordo. Mas têm de ser respeitadas quando têm de ser defendidas, fundamentadas e explicadas. E esta exclusão da Marlene e das outras três jogadoras são difíceis de explicar", disse ainda o Benfiquista, que rematou falando em "perseguição" por parte da Federação. 

"Não é o primeiro incidente com atletas do Benfica. Só posso sentir como perseguição às jogadoras, ao Benfica e ao hóquei. Em situação alguma se pode excluir as melhores jogadoras de uma Seleção Nacional", concluiu Fernando Tavares. 

Importa recordar que, tal como deu conta o nosso Jornal, o Benfica já se havia pronunciado relativamente à polémica, através de comunicado (Saiba mais AQUI)

Confira aqui as palavras do Vice-Presidente do Benfica: 


 



Modalidades

Cinco contra cinco e no fim vence o Benfica: 'miúdas' conquistam a 10.ª Taça de Portugal

Equipa de hóquei em patins feminina voltou a rechear o Museu Cosme Damião, batendo a APAC Tojal

Equipa de hóquei em patins feminina do Benfica voltou a rechear o Museu Cosme Damião, batendo a APAC Tojal, conquistando a Taça de Portugal
Equipa de hóquei em patins feminina do Benfica voltou a rechear o Museu Cosme Damião, batendo a APAC Tojal, conquistando a Taça de Portugal

  |

Icon Comentário0

Depois de ter assegurado presença na final, a equipa de hóquei em patins feminina do Benfica conquistou, este domingo, a Taça de Portugal, ao bater a APAC Tojal, por 3-2 Confira AQUI como decorreu a partida, que foi acompanhada ao minuto pelo Glorioso 1904. As marcadoras do Clube da Luz foram Sofia Moncóvio (4'), Raquel Santos (9') e Cata Flores (17'). Do lado adversário, Maca Ramos (19') e Ana Gregório foram as autoras dos tentos.


Paulo Almeida optou por ir a jogo com Maria Vieira, Marlene Sousa, Sofia Moncóvio, Beatriz Figueiredo e Raquel Santos no cinco inicial , tendo no banco do Benfica Alice Vicente, Cata Flores, Elena Tamiozzo, Inês Severino e Maria Sofia Silva. 


Já a APAC Tojal, que havia batido o AD Sanjoanense por 9-4, elegeu Bárbara Andrade, Sofia Contreiras, Maca Ramos, Inês Florêncio e Sara Fernandes para a formação inicial. Marta Benfeitas, Ana Gregório, Carolina Cavaco, Rita Diegues e Sofia Carvalho começaram como suplentes. 


Depois de ter triunfado pela margem mínima diante do Turquel, o Benfica entrou na final com todo o gás, inaugurando o marcador logo aos 4 minutos, por intermédio de Sofia Moncóvio. A vantagem rapidamente foi dilatada, com as encarnadas a estarem claramente por cima, chegando aos 3-0, antes dos 18 minutos. Contudo, o rendimento das águias baixou e antes do intervalo e a APAC Tojal conseguiu reduzir distâncias. 



O Glorioso recolheu aos balneários a vencer por 3-2, o que fez com que as encarnadas apertassem o cerco nos segundos 25 minutos. Apesar de terem dominado a segunda metade, as águias não conseguiram voltar a fazer balançar as redes de Bárbara Andrade, vencendo assim pela margem mínima, com Cata Flores a desperdiçar o livre, após Inês Florêncio ter visto o cartão azul.  

Cumprida a final e conquistada a Taça de Portugal, as campeãs nacionais, pela 11.ª vez consecutiva, encerram assim a temporada 2023/24, recheando o Museu Cosme Damião com o 10.º troféu correspondente à prova rainha.  




Futebol

Será? Pavlidis pode deixar colega a 'ver navios' e assumir novo papel no Benfica

Recém-chegado à Luz já é visto como peça importante na turma de Roger Schmidt

Vangelis Pavlidis poderá ficar encarregue de novo papel no Benfica
Vangelis Pavlidis poderá ficar encarregue de novo papel no Benfica

  |

Icon Comentário0

No jogo de pré-época contra o Celta de Vigo, o avançado grego Vangelis Pavlidis foi o escolhido para marcar um penálti, apesar da presença do habitual marcador, João Mário. Esta decisão do técnico gerou especulações sobre quem será o responsável principal pelos penáltis na temporada 2023/24. Na época passada, João Mário era o encarregado dos penáltis, tendo mostrado grande eficácia.


As primeiras partidas da pré-época são cruciais para definir rotinas e estratégias, e a escolha de Pavlidis pode ser um sinal claro de uma nova ordem nas cobranças de penáltis. Com a chegada do grego ao plantel, Roger Schmidt parece estar a testar novas opções, considerando a capacidade de finalização de Pavlidis, que se destacou no AZ Alkmaar antes de chegar ao Benfica.



Outra figura central nesta equação é Ángel Di María, que recentemente renovou com o Benfica. Di María, conhecido pela sua experiência e frieza em momentos decisivos, pode ser uma opção de segurança para os penáltis, sobretudo em jogos de maior pressão. A presença do argentino na equipa pode influenciar a decisão final sobre quem será o batedor principal.


A hierarquia de penáltis ainda não está completamente definida, e as decisões tomadas durante a pré-época serão determinantes. O técnico Schmidt terá de considerar a performance de Pavlidis e Di María nos treinos e jogos, bem como a experiência prévia de João Mário, para tomar uma decisão final que beneficie a equipa.

O jornal A Bola destaca que a flexibilidade nas escolhas pode ser vantajosa, permitindo ao Benfica ter várias opções confiáveis para diferentes situações de jogo. Com a nova temporada a aproximar-se, os adeptos aguardam ansiosos para ver como esta nova dinâmica se desenvolverá e quem será o escolhido para assumir a responsabilidade nas marcações de penáltis.

Esta nova disputa pela cobrança de penáltis no Benfica promete adicionar um interessante capítulo à temporada 2023/24. Com Pavlidis, João Mário e Di María como potenciais cobradores, o Benfica espera garantir que a eficácia nas penalidades continue a ser um dos pontos fortes da equipa, contribuindo para o sucesso nos desafios que estão por vir.

Na temporada 2023/24, ao serviço do AZ Alkmaar, Vangelis Pavlidis – atualmente avaliado em 25 milhões de euros – marcou presença em 46 partidas: 34 no Campeonato Nacional, 10 na Conference League e dois na Taça. Nos 4.134 minutos que disputou, o avançado grego marcou 33 golo e fez seis assistência.

Desde que chegou ao AZ Alkmaar, no início de temporada 2021/22, Vangelis Pavlidis contabiliza 137 encontros, 80 finalizações certeiras e 25 passes para golo. O avançado faz parte agora do plantel do Benfica, orientado por Roger Schmidt, para a época 2024/25, tendo marcado presença nos dois embates da pré-época, contra o Farense e Celta de Vigo.


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


Taça de Portugal de hóquei em patins feminino: Benfica - APAC Tojal ao minuto
Modalidades

Taça de Portugal de hóquei em patins feminino: Benfica - APAC Tojal ao minuto

 

Icon Comentário0
Só paramos com o 'caneco'! Benfica vence e marca presença na final da Taça de Portugal
Modalidades

Só paramos com o 'caneco'! Benfica vence e marca presença na final da Taça de Portugal

 

Icon Comentário0
Comunicado: Benfica arrasa convocatória para o Campeonato do Mundo
Modalidades

Comunicado: Benfica arrasa convocatória para o Campeonato do Mundo

 

Icon Comentário0