Logotipo Glorioso 1904

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

Seguir
Futebol

EXCLUSIVO GLORIOSO 1904 - CULPA DE SCHMIDT? COM EMPATE FRENTE AO MOREIRENSE 'FRESCO NA MEMÓRIA', JOÃO MALHEIRO 'APONTA O DEDO' A JOGADORES DO BENFICA

Em conversa com o nosso Jornal, o conhecido adepto do Clube da Luz analisou o desempenho das águias no terreno do adversário

Roger Schmidt
Roger Schmidt

  |

Icon Comentário0

O empate do Benfica com o Moreirense, no passado domingo, dia 3 de dezembro, fez os alarmes da Luz soar com críticas a Roger Schmidt e aos jogadores dos encarnados. Nesse sentido, o Glorioso 1904 esteve à conversa com o conhecido adepto do Clube, João Malheiro, que fez uma análise à situação atual do plantel das águias. 

Os 'dedos apontados' a Schmidt 


"Eu compreendo alguma frustração do universo benfiquista relativamente ao jogo, em que se consagrou o empate, o que não correspondia ao nosso objetivo. A primeira parte sobretudo os primeiros quinze minutos foram, de facto, confrangedores. Percebe-se que há uma enorme campanha contra Roger Schmidt , que o treinador, nesse aspeto, não tem culpa. Ou seja, quem estava em campo é que tem a responsabilidade", começou por avaliar o Bnefiquista.


"Os primeiros 15 minutos parecia mesmo que o Moreirense era a equipa a lutar pelo título e era superior ao Benfica. Felizmente, a partir dos 20 minutos, sensivelmente, o Benfica equilibrou claramente as operações, inclusive, exerceu alguma superioridade. Na segunda parte, a supremacia do Benfica foi absoluta, mas reconheço sem qualquer oportunidade de golo, o que me leva a dizer, com mágoa, que, evidentemente, o resultado foi justo", prosseguiu

João Malheiro reforçou, ainda, o facto de ser um resultado não "interessava" em nada o Benfica, deixando um apelo aos adeptos dos encarnados. "É necessário que os Benfiquistas percebam o coração do Clube é a equipa e, quando falo em equipa é o treinador e os jogadores. Coração que não funcione morre e eu não quero que o coração morra. Por isso, apelo que haja alguma prudência nas críticas que se fazem ao treinador", referiu. 

Cartão vermelho por ver

"Parece-me ser indiscutível", começa por analisar, num primeiro momento, o Benfiquista, que salienta o facto de não poder ser justificação para o resultado final dos encarnados. Ainda assim, João Malheiro recua 'no passado' para destacar o ocorrido no encontro entre o rival Porto e o Famalicão, no passado sábado, dia 2 de dezembro.


"O que me custa aqui é que, 24 horas antes, eu vi um jogo entre o Famalicão e o Porto em que há dois lances capitais em que o Porto é favorecido. Um penálti absolutamente claro, nítido, inequívoco e uma expulsão que também devia ter acontecido. Portanto, custa-me ver um Porto claramente favorecido e, volvidas as 24 horas, ter um jogo em que há uma intervenção do Marcelo suscetível a mostragem do cartão vermelho", explicou. 

Problema na lateral-esquerda

João Malheiro analisou, ainda, o problema no flanco esquerdo dos encarnados, depois de David Jurásek não ter feito parte das opções, nem para a titularidade, nem para o banco de suplentes das águias. 

"É um problema indiscutivelmente do Benfica. Considero que o Bernat, em condições normais, é o melhor lateral a jogar em Portugal. Mas a verdade é que já estamos em dezembro e o Bernat não aparece. Aqui faz lembrar um pouco o Draxler, vitimado por uma lesão. Quanto ao Jurásek, eu admito que não tenha sido a melhor opção, mas uma equipa como o Benfica, com uma vocação claramente atacante, não ter um lateral de raiz a jogar leva a que o Benfica não concorra a postura ofensiva, que deve ser a atitude a adotar", rematou o assumido adepto do Glorioso. 


Futebol

EXCLUSIVO GLORIOSO 1904 - CARLOS JANELA ANALISA PROBLEMAS DO DÉRBI ANTES DO CLÁSSICO ENTRE BENFICA E PORTO E APONTA O DEDO À ARBITRAGEM

Conhecido adepto encarnado define riscos do sistema de Schmidt a evitar frente aos azuis e brancos

Equipa
Equipa

  |

Icon Comentário0

O Benfica prepara-se para visitar o Porto, este domingo, dia 3 março, num encontro da 24.ª jornada da Liga Portugal Betclic. Contudo, Carlos Janela, gestor desportivo, ex assessor da SAD encarnada entre 2009 e 2022 e conhecido Benfiquista, esteve à conversa com o Glorioso 1904 e olhou aos principais problemas das águias no Dérbi com o Sporting, na passada quinta-feira, dia 29 de fevereiro, que não devem ser repetidos no Estádio do Dragão.
A evitar no Clássico

Roger Schmidt fez as águias entrarem no Dérbi eterno sem um avançado de referência e pode tomar a mesma decisão no Clássico. Carlos Janela deu-nos a sua visão no tema: "No futebol, os factos que acontecem no campo, prevalecem sobre as opiniões". 

"É um facto que o Benfica sempre que joga sem um ponta lança, perde poder ofensivo, perde profundidade, deixa mais confortável a estrutura defensiva do adversário", enumerou o comentador, citando algumas negatividades no sistema adotado por Roger Schmidt. 


Ainda assim, Carlos Janela destaca a equipa verde e branca: "Em Alvalade na segunda parte, o Benfica esteve melhor e podia ter empatado o jogo. Por outro lado, a intensidade e velocidade do jogo do Sporting é muito alta e cria muitos problemas às equipas que não conseguirem acompanhar esse ritmo".


A equipa de Roger Schmidt entra em campo este domingo, dia 3 de março, para defrontar o Porto, em jogo a contar para a jornada 24 da Liga Portugal Betclic. O clássico será disputado no Estádio do Dragão e tem arranque marcado para as 20h30.


O golo mal anulado

Durante a sua conversa com o Glorioso 1904, Carlos Janela olhou ainda ao golo anulado a Di María, que na sua opinião foi um erro da equipa de arbitragem: "A jogada nada teve de irregular. Lembro que naquele momento, nenhum jogador do Sporting, ninguém no estádio expressou algum protesto".

Todavia, o gestor desportivo reconhece a regra do fora de jogo em casos semelhantes, onde atletas em posição irregular estejam no campo de visão do guarda-redes: "Mas é um facto que anulação do golo é suportada por uma regra de arbitragem que legítima a decisão do VAR". 


Carlos Janela termina a sua intervenção deixando uma dica de como as equipas de arbitragem portuguesas podem abordar lances iguais nas próximas ocasiões: "No futuro a aplicação dessa regra deverá atender aos factos concretos da jogada em causa".


Futebol

ROGER SCHMIDT É ALVO A ABATER! TREINADOR DO BENFICA 'VAI PAGAR' PELAS PALAVRAS PROFERIDAS NA ANTEVISÃO AO CLÁSSICO COM O PORTO

Técnico alemão é visado por exprimir apenas a sua opinião

Roger Schmidt
Roger Schmidt

  |

Icon Comentário0

As palavras de Roger Schmidt sobre a arbitragem no dérbi frente ao Sporting, proferidas este sábado, dia 2 de março, na antevisão ao Clássico com o Porto, estão a ser alvo de um ataque por parte da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, que vai apresentar uma queixa contra o alemão.
A organização já tinha realizado o mesmo com Di María, depois das queixas do argentino à arbitragem no dérbi frente ao Sporting, e está a tomar as mesmas medidas com o treinador alemão. Posto isto, a liberdade de expressão de Schmidt é colocada em causa.

As palavras do germânico foram: "Toda a gente viu o que aconteceu no penálti. O árbitro queria dar um penálti por aquela situação. Foi embaraçoso e desrespeitoso o que o Edwards fez na área. Foi também embaraçoso o árbitro querer dar este penálti".

Roger Schmidt estava a fazer referência ao penálti assinalado no arranque da segunda metade, que claramente foi uma simulação do extremo inglês do Sporting. Contudo, Fábio Veríssimo não teve qualquer dúvida e apontou para a marca dos onze metros, antes de ser revertido pelo VAR.

A equipa de Roger Schmidt entra em campo este domingo, dia 3 de março, para defrontar o Porto, em jogo a contar para a jornada 24 da Liga Portugal Betclic. O clássico será disputado no Estádio do Dragão e tem arranque marcado para as 20h30.



Futebol

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ÁRBITROS DE FUTEBOL TEM MAIS UM ALVO DO BENFICA! LIBERDADE DE EXPRESSÃO COLOCADA EM CAUSA

Depois de Di María, Clube da Luz prepara-se para novo 'ataque' devido a queixas encarnadas

Águia
Águia

  |

Icon Comentário0

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol irá realizar uma queixa sobre Roger Schmidt ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, depois da palavras do técnico do Benfica sobre Fábio Veríssimo na conferência de antevisão ao Clássico com o Porto, este sábado, dia 2 de março. A organização já tinha realizado o mesmo com Di María, depois das queixas do argentino à arbitragem no dérbi frente ao Sporting, e está a tomar as mesmas medidas com o treinador alemão. Posto isto, a liberdade de expressão de Schmidt é colocada em causa.

As palavras do germânico foram: "Toda a gente viu o que aconteceu no penálti. O árbitro queria dar um penálti por aquela situação. Foi embaraçoso e desrespeitoso o que o Edwards fez na área. Foi também embaraçoso o árbitro querer dar este penálti".


Roger Schmidt estava a fazer referência ao penálti assinalado no arranque da segunda metade, que claramente foi uma simulação do extremo inglês do Sporting. Contudo, Fábio Veríssimo não teve qualquer dúvida e apontou para a marca dos onze metros, antes de ser revertido pelo VAR.

A equipa de Roger Schmidt entra em campo este domingo, dia 3 de março, para defrontar o Porto, em jogo a contar para a jornada 24 da Liga Portugal Betclic. O clássico será disputado no Estádio do Dragão e tem arranque marcado para as 20h30.




envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ÁRBITROS DE FUTEBOL TEM MAIS UM ALVO DO BENFICA! LIBERDADE DE EXPRESSÃO COLOCADA EM CAUSA

 

Icon Comentário0
Futebol

JOÃO NEVES VENCE NOVO PRÉMIO! MÉDIO DO BENFICA CONQUISTA DISTINÇÃO PELA SEGUNDA VEZ NA TEMPORADA (COM VÍDEO)

 

Icon Comentário0
Futebol

ADEPTOS ELEGEM GOLO DO MÊS DE FEVEREIRO DO BENFICA - CONHEÇA AQUI O GRANDE VENCEDOR (COM VÍDEO)

 

Icon Comentário0