Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

SEGUINDO AS PISADAS DE BERNARDO SILVA! MILHÕES NÃO SEDUZEM COLEGA DE EX BENFICA, QUE DÁ NEGA DAS GRANDES A... JORGE JESUS

Jogador do clube inglês iria receber um salário bíblico por ano para jogar na Arábia Saudita

Jorge Jesus
Jorge Jesus

  |

Icon Comentário0

Tal como Bernardo Silva, De Bruyne terá rejeitado os milhões do Al-Hilal e terá escolhido continuar em Inglaterra, onde está feliz e rodeado de antigos jogadores do Benfica. Segundo informa o jornal The Athletic, o colega de Ederson, Rúben Dias e Bernardo Silva iria receber 70 milhões de euros por ano para se transferir para a equipa comandada por Jorge Jesus, porém pretende ficar no campeão inglês. 

Kevin De Bruyne, que vem de quatro assistências no seu último jogo, chegou ao emblema inglês em 2015 e tornou-se nos últimos nove anos, uma lenda do clube. 367 jogos, 98 golos e 161 assistências, já para não falar de um terceiro lugar na bola-de-ouro de 2023, ganha por Lionel Messi. O belga estará assim disposto a rejeitar o salário superior para ficar numa formação onde já conquistou 17 títulos.


Importante recordar que, tal como já deu conta o nosso Jornal, em tempo oportuno, a verba pedida pelo Manchester City pela saída do craque ronda os 100 milhões de euros, um valor que seria histórico no futebol árabe. O técnico Guardiola já falou sobre o assunto, dizendo que "já sabem a sua opinião". 


De destacar que, no toca ao percurso do ex-treinador do Benfica, Jorge Jesus está mais perto de ser o técnico com mais vitórias consecutivas no mundo do futebol, depois do Al Hilal ter vencido o Al Ettifaq, no Campeonato Nacional da Arábia Saudita, por 2-0, na tarde da passada segunda-feira.

Kevin De Bruyne - avaliado em 60 milhões de euros pelo portal Transfermarkt - só disputou 12 jogos, esta época devido a uma lesão no início da presente temporada. Mesmo assim o futebolista conta com 14 participações em golos, dois marcados e 12 assistências. 



Futebol

Mauro Xavier pronuncia-se sobre continuação de Schmidt no Benfica: "Adeus Roger...

Conhecido adepto encarnado ditou a sentença do timoneiro germânico

Mauro Xavier despede-se de Roger Schmidt
Mauro Xavier despede-se de Roger Schmidt

  |

Icon Comentário0

O conhecido adepto encarnado, Mauro Xavier, realizou um post no facebook após a eliminação do Benfica diante do Marselha, nos quartos-de-final da Liga Europa, onde se despede de Roger Schmidt, garantido que o técnico germânico "já vai tarde".

"Dá para regressar no tempo 16 dias? De rumo a tudo para rumo a nada… Nós continuaremos a apoiar incondicionalmente o Benfica, mas custa muito ver os erros a serem repetidos", começou por dizer, mostrando-se incomodado com as decisão persistentes do timoneiro germânico.


Mauro Xavier termina o seu comunicado despedindo-se do técnico: "Adeus Roger, que já vais tarde". Posto isto, a continuação de Schmidt no comando técnico do Benfica é neste momento uma incógnita, sendo que o Benfica ainda está na perseguição à Liga Portugal, apesar dos sete pontos de vantagem do Sporting.


É de recordar que, José Mourinho tem sido um nome fortemente avançado pela imprensa nacional e internacional para o lugar de Roger Schmidt, mas ainda não se pronunciou sobre o tema. Além disso, o germânico tem contrato válido com o Clube da Luz até junho de 2026.

Agora, as atenções do Benfica regressam para o Campeonato Nacional com as águias a terem encontro marcado com o Farense. O duelo da jornada 30 está agendado para segunda-feira, dia 22 de abril, no reduto da formação algarvia, pelas 20h15. Recorde-se que, da última vez que ambas as equipas se encontraram, a turma de Roger Schmidt empatou por um golo.




Futebol

Benfica eliminado nos 11 metros, mas podia ter sido antes com penálti por assinalar ao Marselha

Águias e franceses mediram forças na passada quinta-feira, dia 18 de abril, nos quartos-de-final da Liga Europa

Casos de arbitragem do Marselha-Benfica
Casos de arbitragem do Marselha-Benfica

  |

Icon Comentário0

A eliminação do Benfica às mãos do Marselha deu-se somente no desempate por grandes penalidades. Contudo, as águias poderiam ter ficado mais cedo pelo caminho devido a um penálti não assinalado a Anatoliy Trubin, segundo avança Marco Ferreira, especialista do jornal Record em arbitragem.

Marco Ferreira começa por justificar o primeiro amarelo do encontro, mostrado a António Silva, ao minuto 38: "António Silva prende o braço esquerdo de Aubameyang impedindo-o de prosseguir um ataque incorrendo numa falta tática num comportamento antidesportivo. Livre e amarelo bem exibido".


Ao minuto 45+2' ficou por assinalar um livre ao Benfica, que veria Gigot levar cartão amarelo: "Gigot entra em tacle sobre Rafa, sem tocar na bola, atingindo-o de forma negligente causando algum perigo. Livre direto por assinalar e amarelo por exibir".


"Lance na área do Benfica com Ndiaye a rematar com a bola a bater no corpo de Neres e a ressaltar para o braço sem infração, jogador tem o braço junto ao corpo numa bola inesperada. Boa decisão", afirma sobre o toque do brasileiro dentro da grande área encarnada, aos 47 minutos.

Ao minuto 66, Marco Ferreira afirma que ficou uma grande penalidade para marcar ao Marselha: "Lance na área do Benfica com Trubin a largar a bola e, quando tenta recuperá-la, acaba por derrubar Balerdi, com o ombro na perna, após este desviar a bola do guarda-redes. Penálti por assinalar sem a devida intervenção do VAR".


Já no tempo de prolongamento, aos 105 minutos, Florentino Luís deveria ter visto cartão amarelo: " Florentino chega tarde à bola e atinge por trás as pernas do adversário de forma negligente. Livre bem assinalado e amarelo por exibir".


Futebol

Eliminiou o Benfica e já só pensa na final da Liga Europa: "Não há limites para o sonho"

Águias foram derrotadas no desempate por grandes penalidades, frente ao Marselha

Jean-Louis Gasset acredita na final da Liga Europa
Jean-Louis Gasset acredita na final da Liga Europa

  |

Icon Comentário0

O treinador do Marselha, Jean-Louis Gasset, mostrou-se muito contente com a passagem às meias-finais da Liga Europa e, durante a conferência de imprensa de pós-jogo, apontou à final da competição secundária da UEFA, pois já tinha eliminado o Benfica nesta fase da prova.

"Estou feliz, orgulhoso dos jogadores, da mentalidade e do público. Tentámos começar muito fortes e forçar, mas o adversário tem bom nível técnico, experiência em jogos europeus. Não conseguimos marcar, mas não baixámos os braços, sempre focados no nosso jogo, com segurança ofensiva e à procura do golo. Na segunda parte, corremos riscos e conseguimos marcar", começou por dizer o técnico francês.


Jean-Louis Gasset continua avaliando a possibilidade de chegar à final da Liga Europa: "Sonhamos vencer a Liga a Europa. Não há limites para o sonho, é uma competição que gostamos. Eliminámos o Benfica, um adversário de alto nível".


"Havia um aspeto tático importante. Corrigimos os erros que cometemos em Lisboa. Decidimos fazer pressão alta e ser coesos na defesa. Isso é alto nível tático. A conversa foi vamos fazer história. Contra tudo o que nos tem acontecido, tivemos bastantes problemas e conseguimos entrar na história. Senti que consegui ser eficaz", continua em relação à palestra que deu aos atletas antes do jogo.

"Fizemos uma série de penáltis a preparar este jogo. E os jogadores mostraram que estavam confiantes. Quando designamos os marcadores, é porque sabemos que podem corresponder", termina em relação a Luis Henrique, avançado brasileiro do Marselha, que marcou a grande penalidade decisiva.




envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Eliminiou o Benfica e já só pensa na final da Liga Europa: "Não há limites para o sonho"
Futebol

Eliminiou o Benfica e já só pensa na final da Liga Europa: "Não há limites para o sonho"

 

Icon Comentário0
Confira o golo de Moumbagna que empatou a eliminatória entre Benfica e Marselha
Futebol

Confira o golo de Moumbagna que empatou a eliminatória entre Benfica e Marselha

 

Icon Comentário0
Titular do Benfica sem 'papas na língua' depois da derrota: "Não devemos colocar culpa..."
Futebol

Titular do Benfica sem 'papas na língua' depois da derrota: "Não devemos colocar culpa..."

 

Icon Comentário0