Logotipo Glorioso 1904

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

Seguir
Futebol

DO PASSADO PARA O PRESENTE: NÓRDICOS FAZEM PARTE DA HISTÓRIA DO BENFICA

Plantel conta atualmente com dois jogadores

  |

Icon Comentário0

Os jogadores nórdicos e o Benfica é uma espécie de história de amor com muito sucesso, que começou essencialmente nos anos 80, mas será que continua na atualidade? Os encarnados nos dias que correm podem contar com os nórdicos Alexander Bah e Fredrik Aursnes, mas também jogadores portugueses, espanhóis, argentinos, brasileiros, gregos, croatas, alemães, sérvios, americanos, belgas e franceses.

Alexander Bah e Fredrik Aursnes são os atletas em destaque, sendo o primeiro um defesa dinamarquês, que chegou ao Benfica esta época, oriundo do Slavia Praga e já soma três assistências para golo.


Já o segundo, médio norueguês, também ‘recém chegado’ às águias,


já jogou em 12 partidas.

Recuando um pouco no tempo, podemos afirmar que foi o sueco Glenn Stromberg a abrir as portas aos nórdicos no Clube da Luz, chegando na temporada de 1982/1983 e lá permaneceu durante duas épocas, onde somou seis golos em 44 jogos. Perdeu a final da Taça UEFA para o Anderlecht, mas convenceu os Benfiquistas, conquistando duas ligas portuguesas e uma Taça de Portugal. Em 1984/1985 rumou a Itália para representar a Atalanta.


De facto, os suecos lideram a lista de jogadores nórdicos que passaram pelo Benfica e fizeram sucesso. Também Jonas Thern, para muitos adeptos foi considerado “o melhor da sua época” e fez furor no Clube, tendo chegado em 1989/1990 e destacando-se pela brutalidade do remate e pela visão de jogo. O jogador que atuava como médio defensivo totalizou 101 jogos e dez golos pelos encarnados, no entanto perdeu uma Taça dos Clubes Campeões Europeus para o Milan. Ironicamente mais tarde mudou-se para Nápoles, em Itália.

O nome do sueco que se segue não é estranho a ninguém: Mats Magnusson tornou-se referência desde que chegou ao Glorioso, em 1987, onde jogou até 1992. Somou uns incríveis 87 golos em 163 jogos, sendo 40 desses golos em 44 jogos, na época de 1989/1990. Magnusson esteve ainda em duas finais da Taça dos Clubes Campões Europeus.

Entre 1990 e 1994 o nórdico que fez sucesso pelos campos do clube da Luz foi Stefan Schwartz, um lateral esquerdo, que por vezes atuava como médio defensivo. Como esquecer aquelas bombas de pé esquerdo? Conquistou dez golos para os encarnados e saiu de Lisboa para representar o Arsenal.

Mais recentemente foi Lindëlof que encantou a Luz, chegando à formação com apenas 18 anos, ainda é o jogador com mais jogos pela equipa B do clube, no entanto, pela equipa principal do Benfica ganhou três ligas portuguesas, duas Taças de Portugal, uma Taça da Liga e uma Supertaça. Rumou ao Manchester United por 35 milhões de euros, em 2017.

Alexander Bah e Fredrik Aursnes – Avaliados em 7 milhões de euros e 12 milhões de euros, respetivamente, estão ao dispor de Roger Schmidt na equipa principal do Benfica.

Fotografia de Benfica 


Futebol

ROGER SCHMIDT OUT? ANTIGO VICE PRESIDENTE DO BENFICA PASSA A BOLA A RUI COSTA E GARANTE: "É URGENTE RECUPERAR..."

Ex-dirigente do Clube da Luz acabou por analisar a derrota dos encarnados frente ao Porto

Rui Costa
Rui Costa

  |

Icon Comentário0

O antigo dirigente do Benfica, José Manuel Capristano, falou sobre a possibilidade do Glorioso romper com Roger Schmidt, após o desaire contra o Porto. O treinador encarnado tem sido bastante contestado e para o ex-vice-presidente Rui Costa é que terá de tomar a decisão

"Não sei quais são as possibilidades económico-financeiras do Benfica em caso de divórcio [com Schmidt]. Como sou apoiante do Rui Costa, que é um benfiquista indefetível e um génio enquanto jogador, acredito que ele saberá lidar com a situação, sendo que é urgente recuperar o lado psicológico dos jogadores", começou por mencionar, garantindo que 'a bola' está do lado do Presidente do Benfica.

"O Benfica ainda não perdeu nada. Temos de ir Alvalade, ninguém diz que não possamos lá ganhar. Tem de haver bom senso, sensatez e lucidez para julgar onde estão os problemas do Benfica", completou o antigo dirigente do Clube da Luz, que era o braço direito de Vale e Azevedo. 

Quanto ao facto da goleada no Dragão fazer reavivar memórias traumáticas, José Manuel Capristano foi perentório: “Foi um jogo para esquecer ou, se quiser, para lembrar. O Benfica não existiu. Foi uma tristeza, houve uma décalage completa. Todos os benfiquistas devem sentir-se quase humilhados. O Benfica tem estado a jogar mal, lá vai remediando e ganhando. Contra o Toulouse, jogou pessimamente mal. Contra o Sporting, também. Ontem, foi o descalabro completo. Acho que o Rui Costa não merece isto, faço ideia daquilo que lhe passou pela cabeça na viagem de Porto para o Lisboa”. 

Recorde-se que, o Benfica volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, dia 7 de março, para defrontar o Rangers na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. O duelo será disputado no Estádio da Luz e tem arranque marcado para as 20h00.


Depois do embate europeu, os encarnados voltam a virar o foco para a Liga Portugal Betclic, recebendo, na Catedral, o Estoril Praia. A partida a contar para a 25.ª jornada do Campeonato português está agendada para o próximo domingo, dia 10 de março, O duelo está marcado para as 20h30.




Futebol

ANTIGO BRAÇO DIREITO DE VALE E AZEVEDO NO BENFICA 'RASGA' POSTURA DE SCHMIDT APÓS DESAIRE NO DRAGÃO

Ex-dirigente do Clube da Luz acredita que não pedir desculpa foi uma "teimosia" do treinador encarnado

Roger Schmidt
Roger Schmidt

  |

Icon Comentário0

José Manuel Capristano, antigo dirigente do Benfica, em declarações ao portal Desportivo ao Minuto, esta terça-feira, 5 de março, analisou a posição de Rui Costa e de Roger Schmidt, após a derrota dos encarnados frente ao Porto, no passado domingo. 

"Algum clube perde propósito? Não conheço nenhum no mundo, só se houver malfeitores. Um clube, quando perde, não é de propósito. Agora, que ele não queira pedir desculpa é diferente. Ele tem tido algumas teimosias com as quais não concordo, esta é mais uma", começou por mencionar o antigo dirigente dos encarnados.


"Mas acho que a atitude do presidente foi ‘à Benfica’ porque deu a cara e mostrou aos sócios que foi responsável. Estava triste. Gostava de perguntar a Schmidt qual é o clube que perde propósito. A exibição do Benfica também não foi de propósito, mas deve-se a alguém. E não foi a mim, que estava na bancada, a sofrer e a chorar", afirmou o antigo braço de Vale e Azevedo. 


"Rui Costa apetrechou a equipa com os melhores jogadores mas, o resultado é o que se está a ver. Faz-me ainda mais confusão quando é o mesmo treinador que, no ano passado, foi campeão nacional, tendo feito jogos extraordinários", disse o antigo dirigente do Clube da Luz.

"Como é possível que o Benfica tenha mais recursos e jogue pior? Parece que os jogadores não se conhecem, está tudo fora dos lugares. Ainda estou dorido. Nesta altura, os benfiquistas devem unir-se e apoiar a equipa incondicionalmente. Assobiar e criticar, neste momento, só vai piorar a situação. Temos de mostrar que somos diferentes dos outros", mencionou Capristano. 


Recorde-se que, o Benfica volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, dia 7 de março, para defrontar o Rangers na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. O duelo será disputado no Estádio da Luz e tem arranque marcado para as 20h00.



Futebol

'AURSNES DA WISH'! ADVERSÁRIO DO BENFICA NA LIGA EUROPA TAMBÉM TEM UM JOGADOR POLIVALENTE

Atleta joga a lateral, médio e extremo, assemelhando-se ao norueguês do Benfica

Fredrik Aursnes
Fredrik Aursnes

  |

Icon Comentário0

O Clube da Luz vai defrontar o Rangers, de Glasgow, para a Liga Europa, em Março e os escoceses têm uma espécie de Aursnes na equipa. Segundo Rafael Soares, na Record, a comparação não se trata de perfil de jogador mas sim por Dujon Sterling, tal como o norueguês, jogar em todo o lado e mais algum dentro de campo.

Só nesta temporada ao serviço do Rangers, o inglês de 24 anos já atuou como lateral-esquerdo, lateral-direito, médio defensivo, extremo-direito e extremo-esquerdo! O Jogador formado no Chelsea jogou mais vezes a lateral-direito (tal como Aursnes, esta época) mas sente-se contente por ser um elemento versátil.

Posso dizer que a minha função preferida é a jogar no meio-campo porque tenho jogado lá na maioria das vezes, ultimamente, mas estou contente por fazer o que é necessário para a equipa" disse o inglês formado no Chelsea. "Na formação do Chelsea, não jogas apenas numa posição. És ensinado a jogar em todas", realçou na conferência de imprensa, antes do Rangers golear o Hearts por 5-0 num jogo em que Sterling atuou como extremo-direito.


Importa dizer que Sterling só ganhou mais preponderância no plantel após a chegada do treinador Philip Clément, tendo sido maioritariamente segunda opção esta época jogando 14 de 27 jogos possíveis. O inglês é avaliado em 2,5 milhões de euros pelo portal Transfermarkt, já Aursnes tem um valor estimado de 20 milhões e jogou 39 jogos esta época, o norueguês apontou três golos e onze assistências e é o jogador com mais minutos do Benfica na temporada.


Importa relembrar que a turma de Roger Schmidt volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, dia 29 de fevereiro, para defrontar o Sporting na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. O dérbi eterno será disputado em Alvalade e tem arranque marcado para as 20h45.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

ÚLTIMA HORA! BENFICA QUEBRA 'BLACKOUT' NAS REDES SOCIAIS PARA DEIXAR MENSAGEM AOS ADEPTOS

 

Icon Comentário0
Futebol

'NOVELA' DE JOÃO NEVES NA FLASH CONTINUA A DAR QUE FALAR: FIGURA DO BENFICA CRITICA ESCOLHA DO CLUBE

 

Icon Comentário0
Futebol

ESTÁ A FERVER! APÓS DERROTA CONTRA O PORTO, ANTIGO DIRIGENTE DO BENFICA 'ATIRA-SE' A ROGER SCHMIDT: "FOI CULPADO COMO..."

 

Icon Comentário0