Logotipo Glorioso 1904

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

Seguir
Futebol

PÉROLAS DO SEIXAL: FORMAÇÃO DO BENFICA DÁ CARTAS E ESTÁ NO PÓDIO DA EUROPA; SPORTING E PORTO ESTÃO A LÉGUAS

Clube da Luz em destaque

  |

Icon Comentário0

O Observatório do Futebol (CIES) destacou, esta segunda-feira, dia 24 de outubro, a formação do Benfica, num estudo que indicou que as águias são o segundo clube na Europa a formar mais jogadores no ativo nas 31 primeiras ligas europeias de países membros da UEFA. 



O Clube encarnado formou 73 jogadores, sendo que o CIES considera como clubes de formação “aqueles em que os futebolistas jogaram pelo menos três anos entre os seus 15 e 21 anos de idade”.


Este estudo teve por base o “Atlas Demográfico” do CIES, além das “big-5”, estiveram também em análise as primeiras ligas de Portugal, Turquia, Grécia, Chipre, Roménia, República Checa, Israel, Escócia, Polónia, Hungria, Ucrânia, Suécia, Sérvia, Rússia, Bulgária, Bielorrússia, Noruega, Suíça, Finlândia, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Croácia, Países Baixos e Eslovénia. Não sendo consideradas, assim, ligas como as de Montenegro, Albânia, Macedónia do Norte, Kosovo, Islândia, Luxemburgo, Malta, Letónia, Lituânia e Estónia.

O Ajax é o clube que lidera esta classificação e o Dínamo Kiev é o último da tabela. O Sporting é também referido nesta publicação do Observatório do Futebol.

Fotografia de Benfica


Futebol

ADVERSÁRIO DO BENFICA ANALISA VITÓRIA SOBRE O PORTIMONENSE! JOGO FICA DECIDIDO EM LANCES CLAROS: "FICÁMOS FORA DO JOGO"

Clube da Luz venceu duelo por 4-0, no passado domingo, dia 25 de fevereiro

Equipa
Equipa

  |

Icon Comentário0

O treinador do Portimonense, Paulo Sérgio, analisou o encontro diante do Benfica, no passado domingo, dia 26 de fevereiro, na conferência de imprensa de pós-jogo à vitória encarnada diante dos algarvios, onde o Glorioso venceu por 4-0.

"Duas realidades distintas, duas estratégias distintas, onde a nossa foi eficaz no primeiro tempo, em que defendemos bem e tivemos uma mão cheia de saídas perigosas para a baliza adversária. No segundo tempo entrámos na mesma toada, mas sofremos três golos em quatro minutos e ficámos fora do jogo", analisa o treinador português.


"É preocupante, não é a primeira vez que acontece. Parece que queremos logo resolver a situação em 30 segundos mal sofremos o golo e a equipa perde a posição no campo. Perde-se organização e perde-se o jogo. É assunto para falar internamente, porque não se pode ter estes comportamentos", acrescentou em relação à resposta da sua equipa ao golo sofrido.


"No primeiro tempo, que me lembre, temos cinco boas aproximações à baliza de Trubin, mais alguns remates no segundo tempo, não são assim tão poucos para quem joga na Luz. A estratégia era clara, defender bem, foi conseguido algumas vezes no primeiro tempo, mas, no segundo, aqueles quatro minutos fizeram descambar o jogo", terminou Paulo Sérgio.

A equipa de Roger Schmidt volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, dia 29 de fevereiro, para defrontar o Sporting na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. O dérbi eterno será disputado em Alvalade e tem arranque marcado para as 20h45.



Futebol

TRÊS GOLOS EM QUATRO MINUTOS FORAM CARRASCOS! ATLETA DO PORTIMONENSE 'CULPA' EQUIPA POR GOLEADA DO BENFICA: "FALTA DE ATENÇÃO"

Águias venceram os algarvios por 4-0, no passado domingo, dia 25 de fevereiro

Equipa, Portimonense
Equipa, Portimonense

  |

Icon Comentário0

O defesa-central do Portimonense, Pedrão, foi o atleta a comparecer na zona de entrevistas rápidas no fim do duelo com o Benfica, que terminou com a vitória encarnada por 4-0. O brasileiro referiu que a sucessão de golos sofridos em poucos minutos tem sido um problema dos algarvios durante toda a época.

"Mais uma vez fizemos uma boa parte e na segunda, em cinco minutos, sofremos três golos. Aconteceu três ou quatro vezes na época, uma falta de atenção da nossa parte e isso condiciona todo o trabalho", começou por afirmar o camisola 44 dos algarvios. 


O atleta destaca ainda a complexidade de marcar vários golos no Estádio da Luz: "Depois de sofrer 3 golos dificilmente conseguimos fazer 4 aqui". De recordar que o Benfica marcou três golos em somente quatro minutos, entre o minuto 54' e o 58'.


"Sabemos que os próximos jogos vão ser muito difíceis. A abordagem é pensar em ganhar todos os jogos que temos a partir daqui. Sei que é difícil mas vamos tentar", terminou o defesa-central, já olhando aos compromissos da sua equipa.

A equipa de Roger Schmidt volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, dia 29 de fevereiro, para defrontar o Sporting na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. O dérbi eterno será disputado em Alvalade e tem arranque marcado para as 20h45.



Futebol

SEM MOTIVOS PARA QUEIXAS! GOLEADA DO BENFICA DIANTE DO PORTIMONENSE FOI 'LIMPINHA'

Águias conquistaram os três pontos de forma justa e com verdade desportiva

Equipa
Equipa

  |

Icon Comentário0

A vitória do Benfica diante do Portimonense, por 4-0, no passado domingo, dia 25 de fevereiro, contou com a arbitragem de Miguel Nogueira, que fez um bom trabalho, segundo afirmam os especialistas do jornal Record, Jorge Faustino e Marco Ferreira.

"Trabalho discreto e seguro em jogo sem lances difíceis. O mérito esteve em não complicar. Boa arbitragem", começa por afirma Jorge Faustino. "Decidiu bem os lances nas áreas mantendo o controlo do jogo a nível técnico e disciplinar. Beneficiou da correção dos jogadores num jogo onde teve o mérito de não complicar. Bem auxiliado.", sustenta Marco Ferreira. 


Jorge Faustino avalia mão dentro da grande área algarvia (43'): "Gonçalo Costa cabeceou a bola para a sua mão esquerda quando o braço estava levantado, mas em posição natural para o movimento que fazia. Situação tipificada como mão não deliberada. Sem penálti". Marco Ferreira partilha da opinião do colega: "Lance na área do Portimonense, com Gonçalo Costa a cabecear a bola com esta a bater no seu braço de forma involuntária e sem infração. O defesa tem o braço em posição normal para o movimento que está a fazer. Boa decisão".


Os especialistas seguem com mais um lance de dúvida na área do Portimonenese (74'): "Tamble Monteiro conseguiu intercetar o cruzamento usando o peito. A bola desceu e bateu na sua mão esquerda quando o braço estava encostado ao corpo em posição natural. Sem penálti", começa Jorge Faustino."Lance na área do Portimonense com Monteiro a intercetar a bola com o seu peito, com esta a descer ao longo do seu corpo e a contactar com o braço de forma involuntária e sem infração. Boa decisão", fundamenta Marco Ferreira.

Terminam sobre uma possível penalidade a favor do Portimonense (77'): "António Silva e Guga tocaram os dois na bola e houve contacto entre os pés de ambos. Atacante aproveitou contacto fortuito para exagerar na queda. Sem penálti", afirma Jorge Faustino. "Lance na área do Benfica, com António Silva a disputar a bola com Guga. Ambos jogaram a bola sendo o contacto posterior perfeitamente normal e sem infração. Boa decisão", termina Marco Ferreira.



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

SEM MOTIVOS PARA QUEIXAS! GOLEADA DO BENFICA DIANTE DO PORTIMONENSE FOI 'LIMPINHA'

 

Icon Comentário0
Futebol

EXCLUSIVO GLORIOSO 1904 - RUI COSTA QUER ANTIGO PONTA-DE-LANÇA DO PORTO NO BENFICA! ATLETA TEM MAIS GOLOS QUE JOGOS

 

Icon Comentário0
Futebol

JOÃO NEVES E ANTÓNIO SILVA APLAUDIDOS NO ESTÁDIO DA LUZ! ADEPTOS DO BENFICA FIZERAM HOMENAGEM AOS JOVENS

 

Icon Comentário0