Corner Left

Receba as principais notícias do Glorioso 1904 no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

Titular de Roger Schmidt não jogava tantos minutos há... 10 temporadas

Tempo de jogo explicado por poucas alterações do germânico

Roger Schmidt
Roger Schmidt

  |

Icon Comentário0

O extremo argentino do Benfica, Ángel Di María, não tinha tantos minutos numa temporada desde a época 2013/2014, quando fez 3761 minutos no Real Madrid. Nesta campanha, o camisola 11 segue com 3524 minutos, a quarta melhor marca pessoal.

As duas outras épocas com mais tempo de jogo são em 2009/2010 (3729 minutos), na sua última época no Benfica, e em 2010/2011 (3575 minutos), quando se transfere para o Real Madrid. A partir deste momento, apenas em 2018/2019, no PSG (2498 minutos), voltou a aproximar-se da marca dos 3500 minutos.


Com as possíveis eliminatórias da Liga Europa que o Benfica ainda tem pela frente, bem como as últimas seis jornada da Liga Portugal, Ángel Di María pode bater o recorde de pessoal de minutos numa época, precisando de cerca de 200 minutos, ou dois jogos completos e 20 minutos de outro.

Ángel Di María - avaliado em 4 milhões de euros pelo portal Transfermarkt - regressou ao Clube da Luz esta temporada, onde já realizou 43 duelos, somando 16 golos e 11 assistências. Na época passada, ao serviço da Juventus, alinhou em 40 encontros, onde teve a oportunidade de marcar oito tentos, assistindo em sete ocasiões.

O craque, que se sagrou campeão do Mundo pela Argentina, assim como Nicolás Otamendi, envergou pela primeira vez o Manto Sagrado na época de 2007/08, chegando oriundo do Rosario Central. O extremo saiu para rumar ao Real Madrid, tendo passado ainda pelo Manchester United, PSG e Juventus, antes de regressar à Catedral.


 Golo de Di María frente ao Marselha visto do relvado:



Futebol

Bernardo Ribeiro sai em defesa de Kika Nazareth e aponta dedo ao Benfica: “não merece”

Diretor do jornal ‘Record’ falou sobre eventual saída da estrela do futebol feminino das águias

Num artigo de opinião, Bernardo Ribeiro falou sobre continuidade de Kika Nazareth no Benfica
Num artigo de opinião, Bernardo Ribeiro falou sobre continuidade de Kika Nazareth no Benfica

  |

Icon Comentário0

Bernardo Ribeiro defende que o Benfica deve deixar sair Kika Nazareth neste mercado de transferências. Num artigo de opinião, o diretor do jornal ‘Record’ aborda a proposta de 400 mil euros que o Clube da Luz terá recusado pela internacional portuguesa e aponta o dedo às águias.

Kika Nazareth é um dos atuais ícones do futebol português. A mais representativa das jogadoras do Benfica, que ganhou tudo o que havia para ganhar a nível interno esta temporada e alguém cujo amor ao Clube não pode ser questionado”, começa por referir Bernardo Ribeiro.


“No fundo, um Rui Costa do sexo oposto, que após ter tido o seu futebol reconhecido pelos melhores, vê o campeão europeu Barcelona fazer uma proposta de 400 mil euros pela aquisição, ela que só tem mais um ano de contrato”, atira o diretor do jornal ‘Record’.


“Sendo vendida pelo Clube da Luz, tornar-se-ia na maior transferência do futebol feminino nacional e alguém que colocaria Portugal no mapa do jogo hoje tão bem representado pelas mulheres portuguesas”, refere o jornalista.

“Tive a oportunidade de ouvir a Kika Nazareth na Gala das Campeãs e no podcast com o Luís Avelãs e percebi facilmente como respira o clube que representa. Como é diferenciada ao nível da expressão e forma como relata as vivências quotidianas”, afirma Bernardo Ribeiro.


“Kika Nazareth não merece que o Benfica lhe corte as pernas como não cortou ao atual presidente quando ele decidiu trocar a Luz por Florença, sem nunca deixar de respeitar e amar o clube a que hoje preside. Há momentos em que temos de deixar partir os que amamos. Precisamente por isso”, finaliza, sobre Kika Nazareth.


Futebol

Gonçalo Ramos de saída do PSG e pode encontrar cara conhecida do Benfica

Avançado internacional português procura decidir a sua carreira

Gonçalo Ramos pode juntar-se a José Mourinho
Gonçalo Ramos pode juntar-se a José Mourinho

  |

Icon Comentário0

A passagem de Gonçalo Ramos no PSG pode ser interrompida neste mercado de transferências de verão, pois o avançado pode ser emprestado para somar minutos noutra equipa. Posto isto, o Fenerbahçe do ex Benfica José Mourinho é a equipa melhor colocada para garantir o internacional português.

O camisola 9 do PSG chegou a França no início desta temporada, mas não conseguiu agarrar a titularidade na equipa de Luis Enrique. Posto isto, o avançado internacional português pode sair a título de empréstimo, de forma a conseguir somar mais minutos em campo.


O ponta-de-lança tem como empresário Jorge Mendes, o mesmo que tratou das negociações de José Mourinho com os turcos, facilitando bastante uma eventual mudança do jogador. Além disso, Ali Koç, presidente do Fenerbahçe, é amigo pessoal de Al-Khelaifi, o dono do PSG.

Nesta temporada, Gonçalo Ramosatualmente avaliado em 50 milhões de euros – alinhou 40 encontros: 29 na Ligue 1, sete na Liga dos Campeões e quatro na Taça de França, totalizando 1.877 minutos. O avançado apontou 14 golos e fez uma assistência.

Ao todo, o ponta-de-lança fez 106 partidas de águia ao peito, entre 2020 e 2023, onde marcou 41 tentos e fez sete passos para golo. Com o Manto Sagrado, o internacional português conquistou uma Liga Portuguesa (2022/2023).



Futebol

Saída do Benfica mais perto! Governador argentino faz promessa a Di María: "Condições de segurança"

Dirigente foi bastante direto com as suas palavras, não fugindo às ameaças realizadas

Governante faz promessa a Di María
Governante faz promessa a Di María

  |

Icon Comentário0

A ida de Ángel Di María para o Rosario Central ainda é uma grande incógnita, especialmente devido às constantes ameaças feitas ao jogador e à sua família. Posto isto, o governador da província de Santa Fé, Maximiliano Pullaro, fez uma promessa de segurança ao atleta.

"Seria bom que Di María viesse jogar num clube da cidade. Para o governo, seria importante. Enquanto for governador, não haverá impunidade", começou por dizer o dirigente, em declarações prestadas à Cadena 3, esta quinta-feira, dia 6 de junho.

Maximiliano  Pullaro justifica-se com as detenções dos culpados pelas ameaças, que aconteceram durante a esta semana: "Isto é porque algo mudou. "O melhor que temos a fazer é não falar disto. Queremos dar condições de segurança a ele, a Messi ou a quem quiser voltar".


Na temporada 23/24, ao serviço do Benfica, Ángel Di Maríaatualmente avaliado em 4 milhões de euros – fez 48 encontros. Nos 3.984 minutos em que esteve dentro das quatro linhas, o internacional argentino marcou 17 golos e fez 13 assistências, sendo uma das grandes figuras da turma de Roger Schmidt.

Ao todo, com o Manto Sagrado, Ángel Di María contabiliza 173 encontros, 32 tiros certeiros, 38 assistências e quatro títulos conquistados: um Campeonato Nacional (2009/10), uma Supertaça Cândido de Oliveira (2023/24) e duas Taças da Liga (2008/09 e 2009/10).



envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Oficial: Benfica chega a acordo com Andreia Faria para renovação
Futebol

Oficial: Benfica chega a acordo com Andreia Faria para renovação

 

Icon Comentário0
Dossiê de Meité muito perto de resolvido, mas Benfica perde milhões
Futebol

Dossiê de Meité muito perto de resolvido, mas Benfica perde milhões

 

Icon Comentário0
Depois de regresso ao Benfica, Schjelderup revela equipa que vai representar na próxima época: "Vou jogar no..."
Futebol

Depois de regresso ao Benfica, Schjelderup revela equipa que vai representar na próxima época: "Vou jogar no..."

 

Icon Comentário0